Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Saiba como identificar e tratar a Frigidez Feminina

A frigidez, também conhecida como distúrbio ou transtorno da excitação sexual feminina, é a dificuldade ou incapacidade da mulher de manter a lubrificação vaginal durante a atividade sexual, por não sentir interesse ou excitação suficiente.

As mulheres que têm esse problema costumam ser vistas como frias ou geladas na cama, sendo é importante saber identificar as alterações no corpo e procurar o ginecologista para fazer o tratamento adequado e voltar a ter uma vida sexual normal.

Sintomas

Os sintomas causados pela frigidez costumam ser:

  • Redução ou ausência do interesse sexual;
  • Redução ou ausência de fantasias e pensamentos sexuais;
  • Falta de iniciativa para começar o contato íntimo;
  • Falta de desejo ou resposta às tentativas do parceiro em ter contato íntimo;
  • Ausência ou diminuição da excitação e sentimento de prazer durante o contato íntimo;
  • Ausência de excitação sexual quando em contato com outras formas de prazer, como histórias eróticas, imagens ou filmes sensuais.

O diagnóstico deve ser feito pelo médico ginecologista, e normalmente é confirmado quando existe a presente de 3 ou mais dos sintomas citados acima.

Saiba como identificar e tratar a Frigidez Feminina

3 Principais Causas

A frigidez pode ter origem em causas psicológicas, físicas ou culturais, como mostrado a seguir:

1. Fatores Psicológicos

Envolve principalmente problemas como excesso de estresse, ansiedade ou depressão, mas também pode estar ligada ao medo de engravidar ou a maus tratos físicos ou psicológicos pelo companheiro, que caracterizam a violência doméstica.

2. Fatores Físicos

Problemas de alterações hormonais, como hipotireoidismo, pós parto e menopausa, diminuem a produção de lubrificação vaginal, dificultando a excitação e o prazer durante a relação íntima.

Outra causa comum é o uso de drogas ou medicamentos que interferem com a produção hormonal e com a libido, como anticoncepcionais, remédios para a pressão, cigarro e álcool em excesso.

Além disso, procedimento cirúrgicos nos órgãos genitais, como a histerectomia, podem diminuir o fluxo sanguíneo para aquela região, diminuindo também a lubrificação e a excitação.

3. Fatores Culturais

Fatores religiosos, traumas como abusos sexuais ou estupro, ou ter uma educação sexual rígida e que não permite o prazer da mulher também podem causar frigidez e diminuição do desempenho sexual.

Tratamento

Quando relacionada a problemas hormonais, o tratamento da frigidez envolve tratar a doença de base, como o hipotireoidismo, ou tomar medicamentos com estrógenos para melhorar a lubrificação vaginal e a libido, principalmente em mulheres após a menopausa.

Veja os alimentos que aumentam a libido e como preparar uma refeição afrodisíaca no vídeo a seguir: 


Também é aconselhado fazer terapia de aconselhamento sexual, que ajuda a diminuir a ansiedade, a conhecer melhor o corpo e a melhorar a relação com o parceiro.

Além disso, usar acessórios que ajudam na lubrificação, aumentam a excitação e estimulam o orgasmo também pode ajudar a apimentar a relação íntima.

Conheça outras doenças relacionadas ao contato íntimo:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...