Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dieta para síndrome metabólica

Na dieta para síndrome metabólica deve se dar preferência a cereais integrais, legumes, frutas frescas e secas, leguminosas, peixe e carnes magras, porque uma alimentação baseada nestes alimentos vai ajudar a controlar as gorduras no sangue, a pressão alta e a diabetes.

A síndrome metabólica é o conjunto de fatores de risco que aumentam a possibilidade de desenvolver doenças cardiovasculares, como infarto e diabetes mellitus tipo II e, caracteriza-se pela presença de hipertensão, colesterol, ácido úrico e triglicerídeos altos, além de obesidade e circunferência abdominal elevada, por exemplo. Leia mais em: Síndrome metabólica.

Avalie o risco cardiovascular através da calculadora. 

Erro
cm
Erro
cm
Erro
Imagem que indica que o site está carregando

Alimentação para síndrome metabólica

A dieta para síndrome metabólica, deve incluir a ingestão diária de:

  • Alimentos ricos em fibras, como cereais integrais, vegetais e frutas;
  • Alimentos ricos em ômega 3 e ômega 6, como salmão, nozes, amendoim ou óleo de soja;
  • Preferir cozidos e grelhados;
  • 3 a 4 g de sódio por dia, no máximo;

​​Além disso, pode-se comer 1 quadradinho de chocolate meio amargo com até 10g, pois ajuda a diminuir a pressão arterial, melhora o colesterol e aumenta a capacidade de

O que não deve comer na síndrome metabólica

Na alimentação para pacientes com síndrome metabólica é importante evitar:

  • Doces, açúcares e refrigerantes especialmente na dieta para síndrome metabólico com resistência à insulina ou diabetes;
  • Carnes vermelhas, embutidos e molhos;
  • Queijos e manteigas;
  • Conservas, sal, caldos de carne ou galinha tipo Knor;
  • Alimentos industrializados prontos para o consumo;
  • Café e bebidas com cafeína;
  • Alimentos com adição de açúcar, sal e gordura.

Além dos cuidados com a escolha dos alimentos para síndrome metabólica, é importante fazer refeições regulares, de pequenas quantidades. 

Cardápio da dieta para síndrome metabólica

A dieta para portadores de síndrome metabólica, varia com a presença de doenças como diabetes, pressão alta, colesterol alto, idade e atividade física praticada.

Por isso, se recomenda que a dieta para síndrome metabólica seja personalizada e orientada por um nutricionista, para ter um acompanhamento nutricional adequado e para controlar melhor a síndrome metabólica.

 1º dia2º dia3º dia
Café da manhã e lanches1 pão integral com 1 iogurte diet2 torrada com chá de camomila sem açúcarvitamina de maçã com 3 bolachas maisena
Almoço e jantarbife de peru grelhado com arroz e salada temperada com ervas aromáticas e uma colher de sopa de azeite e sobremesa 1 fruta, como abacatepescada com batata e brócolis cozidos e temperados com ervas aromáticas e como sobremesa 1 fruta, como abacaxifrango cozido com massa e salada e 1 fruta, como tangerina

Estes são alguns exemplos de refeições que podem ser consumidas na dieta para o paciente com síndrome metabólica.

Além disso, é recomendado a pratica de atividade física pelo menos 3 vezes por semana, 30 a 60 minutos.

Assista ao video para conhecer outras dicas. 

Leia também:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...