Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dieta no tratamento da colecistite

A dieta no tratamento da colecistite deve ser pobre em gorduras, como frituras, laticínios integrais, margarina, carnes gordurosas e frutos gordos, por exemplo, para ajudar na recuperação do paciente e aliviar mais rapidamente os sintomas de dor abdominal, náuseas, vômitos e gases.

A colecistite, que é a inflamação da vesícula biliar, pode piorar com a ingestão de alimentos que são ricos em gordura porque a bile, que é liberada pela vesícula biliar, é necessária para digerir este tipo de alimentos.

Na dieta alimentar para colecistite deve-se incluir:

  • Frutas frescas,
  • Vegetais,
  • Legumes,
  • Carnes magras, como frango e peru;
  • Peixe magro, como pescada e peixe espada,
  • Cereais integrais,
  • Água.

É importante o acompanhamento de um profissional de saúde, como o nutricionista, para fazer uma orientação alimentar e verificar as quantidades adequadas de gordura para cada paciente e indicar, se necessário, a suplementação vitamínica. Devido à redução de gorduras pode ser necessário, nos pacientes com colecistite, a suplementação em vitaminas que estão nas gorduras, como a vitamina A, E e D, para completar a dieta alimentar.

Dieta para colecistite aguda

A dieta para colecistite aguda é uma dieta específica realizada no hospital onde se coloca uma sonda para alimentar o paciente, evitando que este faça um alimentação oral.

Quando o paciente retoma a alimentação oral é recomendado ingerir baixa quantidade de gordura para não estimular a vesícula biliar.

Links úteis:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...