Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Dieta da bela adormecida: como funciona e perigos para a saúde

Novembro 2020

A dieta do sono, conhecida popularmente como "dieta da bela adormecida", é baseada no princípio de que enquanto se dorme, não se sente fome e também não se come, e por isso dormir muito ajuda a perder peso mais rápido.

Porém, para funcionar, é necessário tomar comprimidos com efeitos sedativos, que fazem com que a pessoa durma por longos períodos de tempo, podendo chegar a 20h seguidas de sono. Por esse motivo, esta dieta traz vários perigos ligados aos efeitos colaterais dos medicamentos, como gastrite e dependência, e à falta de rotina com a família e com os amigos, o que pode levar à depressão.

Dieta da bela adormecida: como funciona e perigos para a saúde

Principais perigos da dieta

Por incluir o uso de remédios que atuam sob o cérebro e incentivar a pessoa a dormir por várias horas, a dieta da bela adormecida pode trazer várias consequências para a saúde como:

1. Dependência e overdose

Os medicamentos sedativos não devem ser usados sem supervisão médica, pois provocam dependência do sistema nervoso, o que significa que são necessárias doses cada vez maiores para se obter os efeitos desejados. Além disso, o aumento das doses por conta própria pode levar a uma overdose, que é quando o excesso de medicamento pode levar à morte.

Outra complicação é que esse tipo de medicamento também podem causar problemas como náuseas, prisão de ventre, fraqueza muscular, desequilíbrio, boca seca, visão turva e confusão mental.

2. Depressão

Além dos problemas ligados ao uso constante de medicamentos, dormir longas horas seguidas também pode causar isolamento social e depressão, pois a pessoa passa muitas horas sozinha e sem exercer nenhuma atividade na maior parte do tempo. Veja os sintomas de depressão.

Outra preocupação é que a depressão pode levar a desordens alimentares, como anorexia, bulimia e compulsão alimentar.

Como emagrecer com saúde

Para emagrecer de forma adequada e manter a saúde, é importante procurar orientações de um nutricionista para ajustar a dieta e fazer uma alimentação saudável, aumentando o consumo de frutas, verduras e alimentos integrais, e reduzindo a ingestão de alimentos ricos em açúcares e gorduras, como doces, frituras, óleos, salsicha, linguiça, presunto e comida pronta congelada.

Além disso, também é importante fazer atividade física regularmente, pois ela ajuda a estimular a queima de gordura e acelerar o metabolismo. Veja mais dicas para emagrecer rápido e saudável.

Veja ainda um vídeo da nutricionista Tatiana Zanin explicando alguns segredos para emagrecer com saúde:

Esta informação foi útil?

Sua opinião é importante! Escreva aqui como podemos melhorar o nosso texto:

Ficou alguma dúvida? Clique aqui para ser respondido.
Verifique o email de confirmação que lhe enviamos.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Enviar Mensagem