Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Diabulimia: O que é, Sintomas e Tratamento

A diabulimia é um termo popular utilizado para descrever um transtorno alimentar grave que pode surgir em pessoas com diabetes tipo 1. Nesse transtorno, a pessoa, intencionalmente, reduz ou deixa de tomar a quantidade de insulina necessária para controlar os seus níveis de açúcar no sangue, com o objetivo de perder peso.

Como na diabetes tipo 1 o corpo não consegue produzir qualquer quantidade de insulina, quando a pessoa não administra a quantidade necessária, podem surgir várias complicações sérias que podem deixar a vida em risco.

Assim, pessoas com diabetes tipo 1 que estão tomando uma quantidade inferior de insulina devem consultar um psicólogo para avaliar se possuem este transtorno, de forma a iniciar o tratamento mais adequado e evitar complicações para a saúde.

Diabulimia: O que é, Sintomas e Tratamento

Como identificar

A diabulimia geralmente não é facilmente identificável, especialmente por outras pessoas. No entanto, a própria pessoa pode desconfiar que tem este transtorno quando apresenta as seguintes características:

  • Tem diabetes tipo 1;
  • Reduz a quantidade de insulina ou omite completamente algumas doses;
  • Tem medo de que a insulina provoque aumento do peso.

Além disso, como a pessoa não toma insulina para baixar os níveis de açúcar no sangue, também podem surgir sinais relacionados com o aumento da quantidade de açúcar no sangue que incluem boca seca, sede, cansaço frequente, sonolência e dores de cabeça.

Uma forma de se desconfiar de diabulimia consiste em comparar as leituras da glicemia de um período anterior, observando se atualmente é mais fácil apresentar descontrole dos níveis de açúcar no sangue. Isto porque, geralmente, pessoas com diabetes tipo 1, que fazem um correto uso da insulina, conseguem manter os níveis de glicemia muito bem controlados.

O que causa a diabulimia

A diabulimia é um transtorno psicológico que se desenvolve a partir de um medo irracional que a pessoa com diabetes tipo 1 tem de que o uso constante de insulina pode causar aumento do peso.

Assim, a pessoa começa por reduzir as unidades das doses de insulina e pode, até acabar omitindo várias doses ao longo do dia.

Como é feito o tratamento

Uma vez que é um transtorno psicológico a diabulimia deve ser discutida com um psicólogo, primeiro para confirmar o diagnóstico e, depois, para iniciar o tratamento mais adequado. No entanto, outros profissionais de saúde que estão acostumados a lidar com a diabetes, como nutricionistas ou endocrinologistas, também devem fazer parte do processo do tratamento.

Normalmente, o plano de tratamento é iniciado com sessões de psicoterapia para ajudar a pessoa a ter uma imagem corporal própria mais positiva e desmistificar a relação do uso de insulina com as alterações de peso.

Dependendo do grau do transtorno, poderá ainda ser necessário fazer um controlo mais regular no endocrinologista, assim como envolver toda a família para ajudar a pessoa a ultrapassar essa fase.

Possíveis complicações

Por ser um transtorno alimentar, a diabulimia é uma situação muito séria que pode colocar a vida em risco. As primeiras complicações deste transtorno estão relacionadas diretamente com o aumento dos níveis de açúcar no sangue que acabam dificultando a cicatrização de feridas, facilitando o surgimento de infecções e o levando à desidratação.

Já a longo prazo, podem surgir complicações ainda mais graves, como:

  • Perda progressiva da visão;
  • Inchaço dos olhos;
  • Perda de sensibilidade nos dedos dos pés e mãos;
  • Amputação de pés ou mãos;
  • Diarreia crônica;
  • Doenças renais e do fígado.

Além disso, como existe falta de insulina no sangue, o organismo não consegue absorver corretamente os nutrientes dos alimentos ingeridos, acabando por deixar o corpo em uma situação de má nutrição e fome que, juntamente com as outras complicações pode deixar a pessoa em coma e até levar à morte.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem