Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dependência de medicamentos

A dependência por algum medicamento pode desenvolver-se em apenas duas semanas de uso contínuo, mesmo quando sob prescrição médica. Essa dependência pode ser tanto psicológica quanto física.

Os medicamentos utilizados para tratar ansiedade e insônia incluem os benzodiazepínicos, os barbitúricos, a glutetimida, o hidrato de cloral e o meprobamato.

Cada substâncias age de modo diferente e tem um potencial de dependência e de tolerância diferente. Em geral todos os indivíduos que se tornam dependentes desse tipo de medicamento iniciaram por utiliza-los como forma de terapia por um período que deveria ser  limitado.

Algumas vezes, a necessidade de doses elevadas durante longos períodos para tratar um problema grave, promove a dependência, mas é comum que os pacientes usem mais medicação do que o prescrito, promovendo a situação de dependência do fármaco, sendo esta condição difícil de contornar.

Para indivíduos já dependentes de medicações, é indicado que a sua retirada seja feita conforme orientação médica, a fim de diminuir os efeitos causados pela falta do medicamento no organismo.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...