Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Quando não se deve ter contato íntimo na gravidez

Na maior parte dos casos, as relações sexuais podem ser mantidas durante a gestação sem que exista qualquer risco para o bebê ou para a grávida, além de trazer vários benefícios para a saúde da mulher e do casal.

No entanto, existem algumas situações que podem limitar o contato íntimo, especialmente quando existe elevado risco de aborto ou quando a mulher sofreu um descolamento da placenta, por exemplo.

Assim, existem mulheres que devem evitar ter relações logo desde o primeiro trimestre de gravidez, enquanto outras podem ter de evitar esse tipo de atividade mais tarde na gestação. Alguns dos problemas que podem limitar o contato íntimo são:

  • Placenta prévia;
  • Sangramento vaginal sem causa;
  • Dilatação do colo do útero;
  • Insuficiência cervical;
  • Descolamento da placenta;
  • Rutura prematura de membranas;
  • Trabalho de parto prematuro.

Além disso, no caso de existir alguma doença sexualmente transmissível, tanto no homem como na mulher, também pode ser aconselhado evitar o contato íntimo durante crises de sintomas ou até que o tratamento esteja concluído.

Em qualquer caso, o obstetra deve orientar a mulher sobre o risco de ter contato íntimo e quais os cuidados que deve ter, pois em algumas complicações, pode até ser necessário evitar a estimulação sexual, uma vez que podem provocar contrações do útero.

Quando não se deve ter contato íntimo na gravidez

Sinais de que a relação deve ser evitada

A grávida deve marcar uma consulta no obstetra quando, após a relação, surgem sintomas como dor intensa, sangramento ou corrimento vaginal anormal. Estes sinais devem ser avaliados, pois podem indicar o desenvolvimento de alguma complicação que possa colocar em risco a gestação.

Assim, é aconselhado evitar o contato íntimo até indicação contrária do médico.

Já quando a dor e o desconforto surgem durante a relação, podem estar sendo provocados pelo peso da barrig da mulher, por exemplo. Nestes casos, é recomendado experimentar posições mais confortáveis. Veja alguns exemplos de posições mais aconselhadas na gravidez.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...