Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Contraindicações da endermoterapia

As principais contraindicações da endermoterapia, um tratamento estético que ajuda a reduzir a celulite e a eliminar a gordura localizada, são:

  • Indivíduos com problemas circulatórios graves, como flebite ou trombose venosa profunda;
  • Pacientes com câncer;
  • Indivíduos com reumatismo;
  • Obesos, diabéticos ou hipertensos;
  • Doentes com problemas cardíacos;
  • Indivíduos com lesões na pele como feridas, descamação ou inflamações;
  • Grávidas.

A endermoterapia é um procedimento não invasivo que melhora a circulação sanguínea, elimina as toxinas do organismo, assim como as células de gordura e os nódulos de celulite, tonifica a pele e promove a sua elasticidade. Porém, para que os benefícios sejam perceptíveis, são necessárias no mínimo 10 sessões, que duram em média 35 minutos, 3 vezes por semana.

Os indivíduos que não podem fazer uso deste tratamento, podem diminuir a celulite através de outros tratamentos, como drenagem linfática ou carboxiterapia, por exemplo, aliados a uma dieta saudável e prática regular de exercício físico.

Links úteis:

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem