Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Constipação intestinal na Gravidez: saiba o que fazer

A constipação intestinal na gravidez, também conhecida por prisão de ventre, é muito comum, porém desconfortável, já que pode causar dor abdominal, inchaço e hemorroidas, além de poder interferir no trabalho de parto, dificultando a passagem do bebê.

As mulheres que já sofriam de prisão de ventre antes de engravidar podem ter o quadro agravado durante a gravidez, isso por que a progesterona, que é um hormônio presente em altas concentrações durante a gravidez, causa uma lentidão no sistema digestivo, fazendo com que os alimentos permaneçam mais tempo no intestino, piorando a situação. Além disso, o crescimento do bebê diminui o espaço para que o intestino funcione da maneira correta.

Constipação intestinal na Gravidez: saiba o que fazer

O que fazer

Para aliviar os sintomas da constipação intestinal da gravidez, é recomendado:

  • Aumentar o consumo de alimentos ricos em fibras, como mamão, alface, aveia e gérmen de trigo;
  • Beber pelo menos 2 litros de água diariamente e consumir alimentos também rico em água, como por exemplo melancia e cenoura, por exemplo. Conheça quais são os alimentos ricos em água;
  • Praticar exercícios físicos de forma leve, mas regular, como uma caminhada de 30 minutos diariamente, por exemplo;
  • Ir ao banheiro sempre que sentir vontade e tentar ir ao banheiro após as refeições, de modo a criar uma rotina.

Pode ser recomendado pelo médico a suplementação de ferro ou o uso de laxantes ou medicamentos que amoleçam as fezes para aliviar os sintomas da constipação intestinal.

Sinais de constipação intestinal na gravidez

Além de não sentir vontade ou não conseguir ir ao banheiro com a frequência ideal, a constipação intestinal na gravidez pode ser percebida por meio de dores abdominais, cólicas e inchaço, por exemplo. Caso a grávida observe a presença de sangue nas fezes ou caso fique muitos dias sem evacuar, é importante consultar o médico para que seja estabelecida a melhor forma de tratamento.

Veja também o que fazer quando tiver dor abdominal na gravidez.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...