Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

5 Complicações do Colesterol Alto

As complicações do colesterol alto ocorrem quando este permanece descontrolado ao longo dos meses e podem afetar pessoas de todas as idades, inclusive crianças e adolescentes, mas são mais comuns em pessoas de meia idade ou idosas que tiveram o colesterol descontrolado durante anos.

Estas possíveis complicações são desencadeadas em forma de cascata e incluem: 

1. Aterosclerose

A primeira complicação do colesterol alto é a aterosclerose que consiste no acumulo de sangue nas paredes internas das veias e artérias. Este acumulo é causado pelo excesso de gordura na corrente sanguínea sendo grave porque gera uma diminuição do diâmetro no interior dos vasos, fazendo com que o coração tenha que fazer mais força para que o sangue chegue a todos os locais do corpo.

Como identificar e tratar: Geralmente não apresenta sintomas mas pode haver dor no peito e pode ser descoberta num exame de cateterismo cardíaco ou angiotomografia cardíaca, o tratamento pode ser feito com reeducação alimentar e medicamentos.

5 Complicações do Colesterol Alto

2. Pressão alta

Com a diminuição do diâmetro dos vasos sanguíneos, o sangue passa com maior pressão por estas áreas e a isto chamamos pressão alta. A pressão alta é particularmente grave porque nem sempre apresenta sintomas, somente quando está muito alta e a pessoa encontra-se em risco de falência cardíaca.

Como identificar e tratar: Através da aferição da pressão com aparelhos específicos em casa, na farmácia, clínicas ou hospitais. Seu tratamento é feito com alimentação adequada e medicamentos.

3. Insuficiência cardíaca

A insuficiência cardíaca ocorre quando o coração aumenta seu trabalho e bate com muito mais força para garantir que o sangue chega em todos os locais do corpo mas a quantidade de sangue que sai do coração não é suficiente. 

Como identificar e tratar: Gera sintomas como cansaço, falta de ar, tosse e inchaço nas pernas, e o tratamento é feito com alimentação pobre em sal, medicamentos e quando é grave, com cirurgia ou transplante cardíaco.

4. Infarto

O infarto ocorre quando há falta de sangue no coração que leva a morte do tecido cardíaco. Isso pode acontecer quando um vaso é completamente obstruído e o sangue não consegue passar e chegar ao coração. Seu principal sintoma é a dor no peito que pode surgir ao fazer esforços, mas o infarto também pode acontecer quando a pessoa está descansando ou dormindo.

Como identificar e tratar: Tem como sintomas a dor no peito que irradia para o braço esquerdo, mandíbula ou costas. O tratamento pode ser feito com remédios, cateterismo ou cirurgia.

5. AVC

Uma outra possível complicação do colesterol alto é o Acidente Vascular Cerebral que ocorre quando um vaso sanguíneo do cérebro encontra-se totalmente obstruído e não permite a passagem sanguínea para esta região. A falta de sangue no cérebro é chamada de AVC isquêmico e traz graves consequências porque o tecido nervoso pode morrer com essa falta sanguínea e como consequência disso pode haver paralisia de um lado do corpo e dificuldade para falar e se alimentar, sendo necessário tratamento por toda a vida.

Como identificar e tratar: Podem surgir uma forte dor de cabeça, diminuição da força de um lado do corpo, dificuldade para falar. O tratamento pode ser feito com medicamentos, cirurgia e fisioterapia para reabilitação. 

Assim, a melhor forma de prevenir todas estas complicações é adotando medidas para baixar o colesterol, diminuindo o consumo de alimentos ricos em açúcar e gordura e praticando atividade física para queimar a gordura acumulada por baixo da pele e dentro dos vasos sanguíneos.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...