Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como lidar com as dores que surgem no dia a dia

As dores comuns do dia a dia como, dor nas costas, de estômago, dor de cabeça e nas pernas podem ser solucionadas com alternativas simples que podem incluir uso de compressas e chás. 

Apesar das dores também poderem ser aliviadas com o uso de medicamentos estes não devem ser usados sem orientação médica. Saiba porquê em: Tomar remédio sem orientação médica pode danificar o fígado.

Conheça o que pode causar as dores mais comuns do dia a dia e o que fazer em cada situação:

1. Dor de estômago

A dor no estômago é um sintoma que pode surgir no dia-a-dia principalmente após uma má digestão ou quando se tem gases, provocados pelo consumo excessivo de alimentos como café, feijão ou comidas apimentadas, por exemplo. Veja outros alimentos em: Alimentos que Causam Flatulência.

  • O que pode causar: a de barriga também pode ocorrer quando se está muito nervoso e, normalmente é sentida na parte de cima da barriga, porque é onde se localiza o estômago, podendo causar náuseas e diarreia;
  • O que fazer: deve-se fazer refeições ligeiras de 3 em 3 horas, comendo alimentos frescos, como frutas e legumes e beber pequenas quantidades de água fervida. ​Além disso, pode-se beber chá de camomila, cidreira ou aroeira porque têm propriedades que ajudam a aliviar as dores de barriga.

Quand​​o a dor se mantém por mais de 5 dias, o médico gastroenterologista deve ser consultado pois pode ser um sintoma de gastroenterite, gastrite ou úlcera e pode ser necessário tomar remédios como antiácidos, antieméticos ou anti-espasmódicos, por exemplo. Leia outras formas de aliviar a dor em: Principais causas e tratamentos para dor de estômago.

2. Dor nas costas

A dor nas costas é mais comum na região cervical ou lombar e afetar os músculos ou a coluna.

  • O que pode causar: a dor nas costas é provocada por má postura ao longo do dia no trabalho, como sentar com as costas curvadas ou passar muitas horas na mesma posição em pé ou trabalhando no computador, por exemplo.
  • O que fazer: aplicar uma compressa morna com óleo essencial de alecrim na região durante 15 minutos ou receber uma massagem com óleo de amêndoas morno pode ajudar a diminuir a dor nas costas. Também é importante repousar, deitando-se em um colchão duro para que a coluna fique reta. Para saber mais detalhes leia: Como evitar 7 hábitos que prejudicam a postura.

Porém, se a dor nas costas é muito forte, surge de forma repentina ou é acompanhada de outros sintomas, como vômitos ou dificuldade em respirar, é fundamental ir no médico, pois pode ser um problema mais grave, como pneumonia, hérnia na coluna ou pedra nos rins, por exemplo.

3. Dor nas pernas

Normalmente, a dor nas pernas provoca inchaço das pernas, dos pés e sensação de pernas pesada e, é mais frequente em indivíduos com varizes nas pernas.

  • O que pode causar: a dor nas pernas é muito frequente devido ao esforço físico do dia a dia, como estar muitas horas de pé ou usar sapatos com salto alto.
  • O que fazer: para aliviar a dor deve-se massajar as pernas suavemente durante 5 minutos com óleo de angico ou o óleo de rícino. Também deve manter as pernas elevadas durante 30 minutos e fazer alongamentos que ajudem as pernas esticar os músculos e fazer pequenas caminhadas de 5 minutos, ou no caso de permanecer muito tempo em pé, descansar as pernas, sentando-se durante alguns minutos. Conheça as causas e como tratar a dor nas pernas

No entanto, no caso da dor nas pernas permanecer durante mais de uma semana deve-se ir no médico pois pode indicar problemas na coluna, como hernias ou nas articulações, como artrite, sendo necessário fazer tratamentos no ortopedista e fisioterapeuta.

4. Dor de cabeça

É comum a dor de cabeça surgir ao final depois de um dia de trabalho e, na maioria dos casos não é um sintoma grave.

  • O que pode causar: geralmente a dor de cabeça está relacionada com cansaço, estresse ou ansiedade.
  • O que fazer: para aliviar a dor de cabeça é necessário repousar num ambiente fresco, sem luz e sem barulho, devendo deitar-se na cama com a televisão desligada, evitando ler ou usar o computador. Também se pode tomar um chá analgésico, como chá de carqueja ou gengibre e aplicar compressas frias na testa, temperas e nuca.

Se a dor de cabeça ocorrer por mais de 3 dias é necessário consultar o clínico geral para fazer o diagnóstico correto e iniciar o tratamento mais indicado, pois pode indicar uma infecção, pressão alta ou dificuldade em enxergar por exemplo. Conheça outras técnicas que podem ajudar a lidar com a dor de cabeça em: 5 passos para aliviar a dor de cabeça sem remédios.

Para saber mais dicas veja o vídeo:

Além disso, no caso da dor não passar pode ser necessário tomar medicamentos indicados pelo médico segundo o tipo de dor, como analgésicos, anti-inflamatórios ou relaxantes musculares, por exemplo. Para saber mais leia:Quais os melhores remédios para os 8 tipos de dor mais comuns.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...