Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como identificar a vaginose bacteriana

Pode-se identificar a vaginose bacteriana através do exame especular na vagina, análise do corrimento e ouvindo a queixa da paciente.

Na vaginose bacteriana o corrimento tende a ser em pouca quantidade, esverdeado, amarelado, tendo odor de peixe podre, especialmente no período peri-menstrual e após o contato íntimo.

Para fechar o diagnóstico da vaginose bacteriana deve-se considerar:

  • Presença do corrimento com cheiro de peixe podre,
  • Teste Whiff positivo (adicionar duas gotas de KOH a 10% ao líquido presente no interior vagina, evidenciando o odor);
  • Presença de células epiteliais recobertas por clue-cells no exame bacteriológico.

Após identificar a doença o médico deverá indicar o tratamento mais indicado para a sua paciente. Este pode ser feito com a toma de antibióticos em dose única ou duas doses diárias durante 3 ou 7 dias.

Se a mulher não tratar a vaginose bacteriana poderá correr o risco de se contaminar mais facilmente com o vírus da Aids e com outras DSTs.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...