Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como soltar o intestino depois do parto

Após o parto é normal o trânsito intestinal ficar um pouco mais lento que o normal, causando prisão de ventre e alguma ansiedade na mulher que não deseja fazer força para evacuar com medo dos pontos abrirem. Para que a recente mãe fique mais tranquila é bom saber que: 

  • Os pontos devido o parto normal não serão afetados pela passagem das fezes e em poucos dias tudo voltará ao normal;
  • Os primeiros movimentos intestinais podem causar algum desconforto, gerando cólica intestinal, mas isso é normal;
  • Quanto mais amolecidas as fezes estiverem, menos força é preciso fazer.

A primeira evacuação pode demorar mais do que o esperado e neste caso quando o médico diagnosticar, de fato, a prisão de ventre poderá indicar o uso de um laxante ou mesmo a utilização de um clister, ainda no hospital, porque normalmente a mulher só tem alta após conseguir evacuar normalmente.

Como soltar o intestino depois do parto

Soluções naturais para soltar o intestino

Para soltar o intestino, combatendo a prisão de ventre, a mulher deve beber bastante água e consumir uma maior quantidade de fibras em cada refeição que fizer porque assim há um aumento do bolo fecal, sem que ele fique ressecado, passando facilmente pelo intestino. Assim, algumas dicas são:

  • Preparar 2 litros do chá de Sene, que é um laxante natural, para tomar como substituto da água, ingerindo lentamente ao longo do dia;
  • Tomar água de ameixa em jejum, para isso basta colocar 1 ameixa em 1 copo de água e deixar de molho durante a noite;
  • Comer iogurte natural batido com mamão, aveia e mel no café da manhã ou num dos lanches;
  • Comer, pelo menos, 3 frutas por dia, preferindo as que soltam o intestino como manga, tangerina, kiwi, mamão, ameixa ou uvas com casca;
  • Adicionar 1 colher (de sopa) de sementes, como linhaça, gergelim ou abóbora em cada refeição;
  • Comer sempre 1 prato de salada crua ou com legumes e verduras cozidas, por dia;
  • Caminhar durante, pelo menos, 30 minutos seguidos por dia;
  • Introduzir 1 supositório de glicerina no ânus para evacuar, somente se mesmo ao seguir todas estas estratégias, não conseguir evacuar, por ter as fezes muito ressecadas.

Também é importante evitar consumir alimentos que prendem o intestino como mingau de maizena, banana, pão branco com manteiga e alimentos menos nutritivos como os ricos em amido e gordura. Os refrigerantes também não devem ser consumidos, mas a água com gás com meio limão exprimido na hora pode ser uma opção para acompanhar as principais refeições do dia.

O uso diário de laxantes é desaconselhado porque eles podem causar vício no intestino, assim, seu uso só é aconselhado quando é preciso esvaziar o intestino para realizar algum exame indicado pelo médico ou quando a pessoa não consegue fazer cocô por mais de 7 dias, porque nesse caso pode haver obstrução intestinal.

Fazer massagem na barriga

Fazer uma massagem na região abdominal também ajuda a esvaziar o intestino mais rapidamente, basta pressionar a região próxima do umbigo, no lado esquerdo do corpo, no mesmo sentido da imagem:

Como soltar o intestino depois do parto

Essa massagem deve ser feita, especialmente, após acordar, quando a pessoa encontra-se deitada na cama de barriga para cima porque tem um melhor efeito. Pressionar a região abdominal durante cerca de 7 a 10 minutos pode ser suficiente para sentir vontade de evacuar.

Fazer cocô na posição certa

Ao sentar no vaso deve-se colocar algum banquinho por baixo dos pés para que os joelhos fiquem mais elevados que o normal. Nessa posição as fezes passam melhor pelo intestino sendo mais fácil evacuar, sem ter que fazer muita força. A nutricionista Tatiana Zanin explica exatamente como isso deve ser feito nesse vídeo:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...