Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como cuidar do bebê com Fenilcetonúria

Os cuidados e o tratamento da fenilcetonúria no bebê devem ser orientados pelo pediatra, mas o principal cuidado é evitar alimentos ricos em fenilalanina, que são principalmente os alimentos ricos em proteínas, como carnes, peixes, leites, queijos e ovos. Assim, os pais de bebê com fenilcetonúria devem estar atentos à alimentação do filho, tanto em casa como na escola.

Além disso, o aleitamento materno exclusivo também está desaconselhado, mas sob orientação do pediatra a mãe pode amamentar o bebê em alguns horários e alimentá-lo com formulas artificiais sem fenilalanina durante o restante do dia, garantindo, assim, as vitaminas e os minerais adequados para o crescimento e desenvolvimento do bebê. Saiba mais detalhes sobre como amamentar um bebê com fenilcetonúria.

Fórmulas infantis para fenilcetonúria

As fórmulas infantis para fenilcetonúria não contêm o aminoácido fenilalanina, e devem ser dadas ao bebê diariamente para complementar a alimentação e garantir o fornecimento dos nutrientes necessários para um crescimento adequado. Alguns exemplos dessas fórmulas são:

  • PKU Med A;
  • PKU Med B;
  • PKU Med C;
  • PKU Anamix;
  • PKU 1, 2 e 3;
  • PHENYL- Free 1 e 2.

O tipo de fórmula a ser utilizada varia conforme a idade, o peso e a capacidade de digestão do bebê, e por isso cada paciente deve ter uma dieta individualizada prescrita pelo médico ou pelo nutricionista.

Fórmula para crianças de até 1 anoFórmula para crianças de até 1 ano
Fórmula para crianças de 1 a 8 anosFórmula para crianças de 1 a 8 anos

Cuidados gerais com a alimentação

O principal cuidado que os pais de um bebê com fenilcetonúria devem ter é com a alimentação, pois esta deve ser pobre no aminoácido fenilalanina. Os principais alimentos que estão proibidos na alimentação do bebê são aqueles ricos em proteínas, como carnes, peixes, ovos e leite e derivados. Outros alimentos que também contêm fenilalanina e devem ser evitados são farinha de trigo, soja, feijão, amendoim, castanha e alimentos industrializados como bolos, biscoitos e sorvetes. Veja uma lista de Alimentos ricos em Fenilalanina.

Alimentos proibidos de origem animalAlimentos proibidos de origem animal
Alimentos proibidos de origem vegetalAlimentos proibidos de origem vegetal

Os também devem estar atentos em relação à alimentação do bebê na creche ou na escola, e na casa de parentes e amigos, pois as pessoas que não conhecem a fenilcetonúria podem acabar oferecendo ao bebê alimentos proibidos na sua dieta. Veja como deve ser o Tratamento para fenilcetonúria.

Sintomas de fenilcetonúria no bebê

Para evitar o desenvolvimento dos sintomas de fenilcetonúria, que normalmente são irreversíveis, basta controlar a quantidade de fenilalanina que se oferece na alimentação do bebê.

Os principais sintomas de fenilcetonúria no bebê incluem:

  • Atraso no crescimento e desenvolvimento;
  • Coceira frequente na pele;
  • Urina, pele ou hálito com cheiro de mofo;
  • Pele muito clara;
  • Cabeça pequena.

No entanto, esses sintomas só surgem quando há um acúmulo de fenilalanina no sangue, o que pode ser evitado oferecendo uma alimentação adequada ao bebê.

Outras complicações mais graves podem surgir se o bebê for exposto a altas doses de fenilalanina por muito tempo, como dificuldades de aprendizagem, retardo mental grave e convulsões. Veja quais são as Consequências da fenilcetonúria.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...