Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Clamídia - Doença silenciosa pode dificultar a gravidez

A clamídia é uma Doença Sexualmente Transmissível, que normalmente é silenciosa porque em 80% dos casos não apresenta nenhum sintoma, sendo muito comum em homens e mulheres jovens até os 25 anos.

Esta doença é causada por uma bactéria chamada Chlamydia trachomatis e quando não tratada pode ter graves consequências tanto para homens, quanto para mulheres havendo maior gravidade para as mulheres em idade reprodutiva.

As mulheres contaminadas com clamídia e que apresentam tais complicações tem um grande de risco de desenvolver uma gravidez fora do útero, chamada de gravidez ectópica, que impede o desenvolvimento do bebê e pode causar morte materna.

Consequências da clamídia 

As principais consequências da infecção pela bactéria Chlamydia trachomatis podem ser observadas no quadro a seguir:

HomensMulheres
Uretrite não gonocócicaSalpingite: Inflamação crônica das trompas de Falópio
ConjuntiviteDIP: Doença inflamatória pélvica
ArtriteInfertilidade
---Maior risco de gravidez ectópica

Além destas complicações, quando as mulheres contaminadas optam pela fertilização in vitro porque não conseguem engravidar naturalmente, podem não ter sucesso porque a clamídia também diminui as taxas de sucesso deste método. No entanto, a fertilização in vitro continua sendo indicada para estes casos porque ainda pode ter algum sucesso, mas o casal deve estar ciente de que não haverá garantia de gravidez.

Por que a clamídia causa infertilidade?

Ainda não são totalmente conhecidas as formas como esta bactéria causa infertilidade, mas sabe-se que a bactéria é transmitida sexualmente e que ela alcança os órgãos reprodutores podendo causar graves alterações, como a salpingite que inflama e deforma as trompas uterinas.

Ainda que a bactéria possa ser eliminada, os estragos por ela causados não podem ser curados e por isso a pessoa afetada torna-se estéril porque a inflamação e a deformação nas trompas impede que o óvulo chegue nas trompas uterinas, local onde geralmente ocorre a fecundação.  

Clamídia - Doença silenciosa pode dificultar a gravidez

Como saber se tenho clamídia

É possível identificar a clamídia através do exame de sangue específico onde é possível observar a presença de anticorpos contra esta bactéria. No entanto este exame normalmente não é solicitado, somente quando a pessoa apresenta sintomas que possam indicar a infecção por Clamídia como dor pélvica, corrimento amarelado ou dor durante o contanto íntimo ou quando há suspeita de infertilidade que surge quando o casal está tentando engravidar há mais de 1 ano, sem sucesso.

O que fazer para conseguir engravidar 

Para quem descobriu que tem clamídia antes de observar infertilidade é recomendado seguir o tratamento indicado pelo médico, tomando os antibióticos corretamente para diminuir o risco de complicações.

A clamídia tem cura e a bactéria pode ser eliminada do organismo após o uso de antibióticos receitados pelo médico, no entanto, as complicações causadas pela doença são irreversíveis e por isso o casal pode não conseguir engravidar naturalmente.

Assim, quem descobriu que é infértil devido as complicações da clamídia poderá optar pela reprodução assistida, recorrendo a métodos como a FIV - Fertilização In Vitro

Para evitar a clamídia é recomendado usar camisinha em todas as relações sexuais e ir pelo menos 1 vez ao ano ao ginecologista ou urologista para que o médico observe os genitais da pessoa e peça exames que possam indicar alguma alteração. Além disso, é importante ir ao médico sempre que apresentar sintomas como dor durante o contato íntimo ou corrimento. 

Mais sobre este assunto:


Carregando
...