Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Cisternografia: O que é, para que serve, como é feita e cuidados

A cisternografia isotópica é um exame de medicina nuclear que tira uma espécie de radiografia com contraste do cérebro e da coluna que permite avaliar e diagnosticar alterações no fluxo do líquido cefaloraquidiano, causada por fístulas que permitem a passagem desse líquido para outros locais do corpo.

Esse exame é realizado após uma injeção de uma substância que é um radiofármaco, como o Tc99m ou o In11, através de uma punção lombar, que permite a passagem dessa substância por toda coluna até chegar ao cérebro. Em caso de fístula, as imagens da ressonancia magnética ou tomografia computadorizada irão mostrar a presença dessa substância também em outras estruturas do corpo. 

Para que serve a Cisternografia 

A cisternografia cerebral serve para determinar o diagnóstico de fístula liquórica, que é um pequeno 'furo' no tecido que reveste o sistema nervoso central composto por cérebro e medula espinhal, permitindo a passagem do líquido cefaloraquiadiano para outros locais do corpo.

A grande desvantagem deste exame é que necessita de várias imagens cerebrais feitas em várias sessões, podendo ser preciso fazer em alguns dias seguidos para um correto diagnóstico. Em alguns casos quando o paciente está muito agitado se faz necessário administrar calmantes antes do exame.

Como é feito esse exame 

A cisternografia é um exame que exige muitas sessões de imagens cerebrais, que devem ser tiradas durante dois ou três dias seguidos. Por isso pode ser necessário o internamento do paciente e muitas vezes a sedação.

Para realizado o exame de cisternografia cerebral é preciso:

  1. Aplicar anestésico no local da injeção e retirar uma amostra do líquido da coluna que será misturado com o contraste;
  2. Deve ser administrada uma injeção com o contraste no final da coluna do paciente e deve-se tampar suas narinas com algodão;
  3. O paciente deve permanecer deitado por algumas horas com os pés ligeiramente mais elevados que o resto do corpo;
  4. A seguir são realizadas imagens de radiografia do tórax e da cabeça após 30 minutos, e depois é repetido após 4, 6, 12, e 18 horas da aplicação da substância. Por vezes pode ser preciso repetir o exame após alguns dias. 

É necessário um repouso de 24 horas após a realização do exame, e o resultado irá mostrar a presença de fístula liquórica, ou não. 

Contra-indicações 

A cisternografia cerebral é contra-indicado em casos de aumento da pressão intracraniana, em mulheres grávidas por causa do risco que a radiação oferece ao feto.

Onde fazer 

A cisternografia isotópica pode ser realizada em clínicas ou hospital de medicina nuclear. 

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar