Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Como diminuir a cicatriz de cesárea

Para diminuir a espessura da cicatriz de cesárea e deixá-la o mais uniforme possível, pode-se recorrer a massagens e tratamentos que utilizam gelo, como a crioterapia, e à base de fricção, laser ou vácuo dependendo da indicação de um dermatologista. Também pode ser recomendada a aplicação de injeção de corticoide diretamente na cicatriz da cesárea, dependendo do tamanho da cicatriz na pele.

Em geral, o tratamento pode ser iniciado 3 dias após a cirurgia, se a cicatriz não estiver aberta ou infeccionada. Numa fase inicial, a massagem diretamente sobre a cicatriz devidamente fechada contribui para remover as aderências e retirar possíveis nódulos que deixam o local da cicatriz endurecido. Veja melhor como soltar a cicatriz colada.

Quando a cicatriz está com uma coloração muito diferente do tom de pele da pessoa, ou e se apresenta endurecida, alta ou muito larga, pode ser sinal de queloide da cicatriz de cesárea e, nestes casos, pode-se realizar um tratamento para com ácidos específicos que são aplicados pelo dermatologista ou fisioterapeuta dermato funcional.

Como diminuir a cicatriz de cesárea

Opções de tratamento

Para que a cicatriz da cesárea feche mais rápido e fique mais disfarçada, sendo apenas uma pequena linha fina e discreta na parte inferior da barriga é recomendado tomar alguns cuidados de acordo com o tempo de cirurgia, como por exemplo:

1. Nos primeiros 7 dias

Nos primeiros 7 dias após a cirurgia é recomendado não fazer nada, devendo-se somente repousar e evitar ficar mexendo na cicatriz para que ocorra infecção ou abertura dos pontos. No entanto, se após esse período a cicatriz não estiver muito vermelha, inchada, nem soltando líquido, já é possível começar a passar um creme cicatrizante em toda a volta da cicatriz, com suaves movimentos, para que o produto seja absorvido pela pele. Confira alguns tipos de pomadas para passar na cicatriz.

Também é possível usar óleo ou gel hidratante, dormir de barriga para cima, apoiando bem as pernas com uma almofada nos joelhos e, se o médico obstetra autorizar, pode-se fazer drenagem linfática manual nas pernas, virilha e região abdominal e usar uma cinta para comprimir a região abdominal, que também ajuda a proteger a cicatriz da cesárea.

2. Entre a 2º a 3ª semana

Depois de 7 dias da cesariana, o tratamento para diminuir a cicatriz, também pode incluir a drenagem linfática para diminuir a dor e o inchaço. Para ajudar a drenar o líquido em excesso é possível usar um copinho de silicone para fazer uma suave sucção da pele, respeitando os locais dos vasos e gânglios linfáticos. Entenda melhor como é feita a drenagem linfática.

Se a cicatriz da cesárea estiver bem fechada e seca, a pessoa pode começar a massagear exatamente em cima da cicatriz com movimentos circulares, para cima e para baixo, de um lado para o outro para que a cicatriz não fique colada e repuxando a pele em volta. Se isso acontecer, além de dificultar a drenagem fisiológica, pode até mesmo dificultar o alongamento de toda a região da barriga.

3. Após 20 dias 

Depois desse período qualquer alteração já pode ser tratada com equipamentos como laser, endermologia ou radiofrequência. Se a cicatriz da cesárea apresentar fibrose, que é quando o local fica endurecido, é possível removê-lo com equipamentos de radiofrequência, nas clínicas de fisioterapia dermato funcional. Geralmente 20 sessões são suficientes para remover grande parte desse tecido, liberando a cicatriz.

4. Depois de 90 dias

Após 90 dias, além dos recursos indicados também pode-se utilizar o tratamento com ácidos que devem ser aplicados diretamente sobre a cicatriz. Estes permanecem por poucos segundos na pele e devem ser removidos completamente e são muito eficaz na eliminação da camada mais superficial da pele, renovando todo este tecido.

Os ácidos devem ser aplicados por um dermatologista ou pelo fisioterapeuta dermato funcional habilitado, sendo necessário 1 sessão por semana ou a cada 15 dias durante 2 ou 3 meses.

Quando é necessário recorrer a cirurgia plástica

Quando a cicatriz tem mais de 6 meses e está mais volumosa que o restante da pele à sua volta, quando está muito aderida, se há queloide ou se a aparência não for muito uniforme e se a pessoa quiser um tratamento imediato, é mais indicado fazer uma cirurgia plástica para correção da cicatriz.

No entanto, em todo caso a fisioterapia estética é indicada para realização de tratamentos que melhoraram a aparência e diminuem a espessura da cicatriz da cesárea, além de melhorar a mobilidade dos tecidos à sua volta, aumentando a qualidade de vida e auto estima da mulher. Porém, nestas situações aos invés de 20 ou 30 sessões pode ser necessário um maior tempo de tratamento.

Veja abaixo um vídeo sobre os cuidados essenciais para facilitar a cicatrização e evitar que a cicatriz fique colada:

Bibliografia >

  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA PLÁSTICA. Hypertrophic scars and keloids. Disponível em: <http://www.rbcp.org.br/details/123/cicatrizes-hipertroficas-e-queloides>. Acesso em 21 Jan 2020
  • METSAVAHT, Leandra D’Orsi. Abordagem cirúrgica de cicatrizes. Surg Cosmet Dermatol. Vol.8, n.1. 11-20, 2016
  • SANTOS, Hugo C.O. Efeitos do LASER na Cicatrização de Cesárea em Pacientes com Diabetes Gestacional. Tese de Doutorado, 2013. UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS.
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem