Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Ceftazimida e avibactam: remédio para infecções graves

A associação de ceftazimida e avibactam é um antibiótico muito potente que permite tratar infecções mais resistentes e complicadas, como as que, normalmente, se desenvolvem em pessoas internadas.

Dessa forma, este medicamento só pode ser usado no hospital, já que é necessário administrar diretamente na veia por algumas horas, de forma a ter o melhor efeito.

Ceftazimida e avibactam: remédio para infecções graves

Para que serve

O antibiótico com ceftazimida e avibactam pode ser usado no tratamento de infecções complicadas:

  • Nos diferentes órgãos abdominais;
  • Nas vias urinárias;
  • Nos pulmões, especialmente pneumonia hospitalar.

Além disso, este antibiótico também pode ser utilizado em infecções causadas por bactérias gram-negativas, quando as outras formas de tratamento não funcionam.

Como usar

A dose de antibiótico é de 2 gramas de ceftazimida e 0,5 gramas avibactam a cada 8 horas, administrada por 2 horas diretamente na veia. Na maioria das vezes, o tratamento é feito por 7 a 14 dias, mas nos casos de infecção urinária o pode durar apenas 5 a 10 dias.

Porém, em pacientes com doenças renais a dose pode ser reduzida para metade, de acordo com as indicações do médico.

Possíveis efeitos colaterais

O uso do antibiótico com ceftazimida e avibactam pode causar alguns efeitos secundários como candidíase, dor de cabeça, tonturas, náuseas, diarreia, manchas na pele ou vômitos.

Quem não deve usar

Este antibiótico não deve ser usado em pessoas com alergia a antibacterianos cefalosporínicos, beta-lactâmicos ou qualquer outro componente da fórmula. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...