O que você precisa saber?

Cefaléia em salvas tem cura?

A cefaléia em salvas não tem cura porque não se sabe exatamente qual é a sua causa e os medicamentos utilizados apesar de melhorar a intensidade da dor e diminuir a sua frequência não conseguem cessar definitivamente.

O nome cefaleia em salvas se deve a característica da doença. Cefaleia indica dor de cabeça e em salvas significa que ela surge de tempos em tempo. Outros nomes para esta mesma doença são síndrome de Horner, cefaléia de Horton e cefaléia em cachos.

Cefaléia em salvas tem cura?

Dúvidas comuns 

1. A cefaleia em salvas pode levar a morte?

Não, apesar de ser uma doença que causa intensa dor e que parece que não tem solução, ela não leva a morte e não aumenta o risco de AVC ou tumor cerebral porque não existem evidências científicas desse fato.

2. Somente homens são afetados?

Os mais afetados são os homens, mas algumas mulheres também já foram diagnosticadas com essa doença mas ainda não se sabe porque isso acontece.

3. A cefaleia em salvas prejudica o olho?

Não, apesar dos sintomas aferarem a região ocular isso se deve a dilatação dos vasos sanguíneos dentro do cérebro e nessa região, mas não afetam a visão.

4. Qual o melhor tratamento para cefaleia em salvas?

A melhor estratégia para cessar um episódio de dor é usar uma máscara de oxigênio ligada a 100% diretamente na região do nariz e da boca, durante 8 minutos. O aumento da oxigenação cerebral durante este período leva a uma diminuição do diâmetro dos vasos sanguíneos ocorre rapidamente havendo grande alívio da dor.

No entanto, isso geralmente só é feito no hospital, mas algumas pessoas conseguem ter um garrafão de oxigênio medicinal para ter em casa, nos momentos de crise. Além disso, durante o dia é preciso tomar os remédios indicados pelo neurologista.

5. Crianças ou grávidas podem ter cefaleia em salvas?

O primeiro episódio geralmente acontece por volta dos 30 anos de idade e por isso as crianças não tem essa doença, ou pelo menos, não tem sintomas na infância, nem na adolescência. Mulheres são menos afetadas e raramente as crises aparecem durante a gravidez, mas se isso acontecer a única forma de tratamento será usar o oxigênio porque os remédios são contraindicados nessa fase.

6. Pessoas da mesma família também tem cefaleia em salvas?

Não, aparentemente essa doença não é hereditária e por isso não passa de pai para filho. 

7. Posso me aposentar devido a cefaleia em salvas?

Se as crises forem muito frequentes é possível se aposentar devido a essa doença mas quando as crises acontecem 1 ou 2 vezes por ano, a pessoa pode ficar de licença de trabalho mas não se aposentar.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...