Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Principais causas do câncer de pulmão

O principal responsável pelo desenvolvimento de câncer no pulmão é o uso de cigarro, pois cerca de 90% de todos os casos deste tipo de câncer acontece em fumantes, sendo que o risco aumenta de acordo com o número de cigarros fumados por dia e o número de anos que se é fumante.

No entanto, o câncer de pulmão também pode acontecer em quem nunca fumou, especialmente em quem está em contato frequente com a fumaça do cigarro ou a outros produtos químicos como radônio, arsênico ou berílio, por exemplo, embora esse risco seja muito inferior ao de quem fuma.

O câncer de pulmão é perigoso, pois tem uma alta taxa de mortalidade, por isso, é importante investir em formas de prevenção, como evitar o fumo e adotar hábitos de vida saudáveis.Também é importante procurar a avaliação médica caso surjam sintomas que indiquem esta doença, como falta de ar, tosse crônica e perda de peso, por exemplo. Saiba identificar os sintomas de câncer de pulmão.

Principais causas do câncer de pulmão

Quem tem maior risco

Os fatores que parece aumentar o risco de desenvolver câncer de pulmão incluem:

  • Fumar;
  • Inalar a fumaça do cigarro de outras pessoas, sendo, assim, um fumante passivo;
  • Estar frequentemente exposto ao gás radônio e outros químicos perigosos como arsênico, asbesto (amianto), berílio, cádmio, hidrocarbonetos, sílica, gás mostarda e níquel;
  • Viver em regiões com muita poluição ambiental;
  • Ter predisposição genética, sendo que pessoas com história de pais ou avós que tiveram câncer de pulmão podem ter o risco aumentado.

Além disso, ter feito tratamento para outros tipos de câncer também pode aumentar o risco, como nos casos de câncer de mama, linfoma ou câncer nos testículos tratados com radioterapia, por exemplo.

Pessoas com estes fatores de risco devem fazer consultas regulares ao clínico geral ou pneumologista, como forma de serem feitas avaliações da saúde dos pulmões e rastreio de qualquer alteração que possa ser sugestiva, como um nódulo.

Porque o cigarro pode causar câncer

A fumaça do cigarro é composta por diversas substâncias cancerígenas que preenchem os pulmões durante o fumo, como alcatrão e benzeno, que provocam lesões nas células que revestem o interior do órgão.

Quando estas lesões acontecem de vez em quando, o pulmão pode ser capaz de se reparar, mas quando acontecem constantemente, como no caso dos fumantes, as células não conseguem se reparar rapidamente, provocando a multiplicação errada das células e, consequentemente, o câncer.

Além disso, o tabagismo está associado ao surgimento de vários outros problemas de saúde, como enfisema, infarto e alterações da memória. Confira 10 doenças provocadas pelo tabagismo.

Existe algum tipo de cigarro mais perigoso?

Todos os tipos de cigarro aumentam as chances de ter câncer, não só de pulmão, mas também de outros locais como boca, garganta, mama e estômago. Isto acontece tanto com o tabaco tradicional, como outras versões, incluindo o cigarro "light", cachimbo, charuto, cigarro de palha ou narguilé, assim como com o tabaco de mascar, por exemplo.

Como se proteger do câncer de pulmão

A melhor forma de se proteger contra o câncer no pulmão é evitar a inalação de substâncias com potencial cancerígeno. É por esse motivo que a principal recomendação consiste em evitar fumar cigarros. No entanto, pessoas que trabalham em algum tipo de indústria que utiliza substâncias cancerígenas, como as indicadas anteriormente, ou que vivem em regiões muito poluídas, também devem usar sempre uma máscara de proteção, para evitar respirar essas partículas.

Além disso, fazer exercício físico regular e ter uma alimentação saudável e variada, evitando frituras, bebidas alcoólicas em excesso e alimentos muito ricos em açúcar, também ajuda a diminuir as chances de ter qualquer tipo de câncer. Veja quais são as principais atitudes para viver mais e melhor, evitando câncer.

Bibliografia >

  • FIGUEIREDO, Nébia Maria A. et al. Enfermagem oncológica: conceitos e práticas. 1.ed. São Caetano do Sul: Yendis Editora, 2013. 22-23; 118-126.
  • AMERICAN CANCER SOCIETY. Lung Cancer Causes, Risk Factors, and Prevention. 2019. Disponível em: <https://www.cancer.org/content/dam/CRC/PDF/Public/8704.00.pdf>. Acesso em 14 Out 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem