Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Causa de cólicas nos bebês

A principal causa de cólicas nos bebês é o fato de seu aparelho digestivo ainda ser imaturo, o que acontece até aos 6 meses, no entanto, as cólicas também podem surgir devido à ingestão de ar enquanto mama ou devido à alimentação da mãe, por exemplo e, são mais frequentes nos primeiros 3 meses. 

Geralmente, quando o bebê está com cólicas chora sem parar, mexe muito os braços e as pernas, pode ficar vermelho no rosto, estica as pernas e rodar a cabeça para os lados, levando os joelhos à barriga e, fá-lo na tentativa de aliviar a dor. 

As principais causas de cólicas nos bebês podem ser: 

1. Ingestão de ar

Normalmente, enquanto o bebê mama, especialmente quando não pega corretamente na mama ou mamadeira ou mesmo quando chora muito, aumenta a ingestão de ar, agravando a chance de ter cólicas e, isso ocorre porque o bebê ainda não coordena a respiração com a capacidade de engolir. 

Além disso, caso o bebé estiver com o nariz tapado, devido a má pega ou constipação é, natural aumentar a quantidade de ar que ingerir, aumentando o risco de ter cólicas. Veja como fazer uma pega correta em: Como amamentar com sucesso.

2. Intolerância à lactose

A intolerância à lactose é um problema que causa sintomas como diarreia, dor e inchaço na barriga e gases e, geralmente surgem entre 30 minutos a 2 horas depois de ingerir leite. 

Normalmente, a intolerância à lactose surge em crianças maiores, adolescentes e, principalmente em adultos e, caso a mulher amamente também deverá evitar os alimentos que têm leite.

3. Alergia ao leite de vaca

A alergia à proteína do leite de vaca pode causar cólicas, além de lesões na pele, coceira, vômitos e diarreia, por exemplo e, normalmente, o diagnóstico dos casos de alergia ao leite de vaca ocorre no primeiro ano de vida da criança. Leia também: Como saber se o bebê tem alergia ao leite.

Desta forma, é importante dar à criança fórmulas hipoalergênicas ou não alérgicas, para evitar alergias e, o único tratamento para alergia à proteína do leite de vaca é excluir a ingestão do leite de vaca e seus derivados. 

4. Agitação

Os bebês quando expostas a ambientes ruidosos e agitados, podem ficar desconfortáveis e com medo, o que pode causar cólicas. 

5. Alimentação da mãe

Quando o bebê ainda é alimentado por leite materno é normal que a alimentação da mãe interfira com o bebê, pois existem substâncias que passam através do leite. 

Alguns alimentos que podem causar cólicas no bebê podem ser grão-de-bico, pimentão, ervilhas, brócolis, couve-flor, doces e refrigerantes, pão branco e leite, por exemplo. Por isso, veja o que fazer para evitar cólicas no seu bebê m: Alimentação da grávida pode evitar cólicas no bebê.

Para saber mais assista ao vídeo.

Leia também:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...