Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Carfilzomib: remédio para câncer da medula

O carfilzomib é um remédio injetável que impede a capacidade das células cancerígenas para produzir e destruir proteínas, impedindo que se multipliquem rapidamente, o que atrasa o desenvolvimento do câncer.

Assim, este remédio é utilizado em combinação com dexametasona e lenalidomida para tratar casos de mieloma múltiplo, um tipo de câncer da medula óssea.

O nome comercial deste medicamento é Kyprolis e, embora possa ser comprado nas farmácias convencionais com a apresentação de receita médica, só deve ser administrado no hospital com a supervisão de um médico com experiência no tratamento de câncer.

Carfilzomib: remédio para câncer da medula

Para que serve

Este medicamento está indicado para o tratamento de adultos com mieloma múltiplo que receberam pelo menos um tipo de tratamento anterior. O carfilzomib deve ser usado em combinação com dexametasona e lenalidomida.

Como usar

O carfilzomib só pode ser administrado no hospital por um médico ou enfermeiro, sendo que a dose recomendada varia de acordo com o peso corporal de cada pessoa e a repsosta do organismo ao tratamento

Este remédio deve ser administrado diretamente na veia durante 10 minutos em dois dias seguidos, 1 vez por semana e durante 3 semanas. Após estas semanas deve-se fazer uma pausa de 12 dias e iniciar outro ciclo caso seja necessário.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns incluem tonturas, dores de cabeça, insônia, diminuição do apetite, aumento da pressão arterial, sensação de falta de ar, tosse vômitos, diarreia, prisão de ventre, dor abdominal, náuseas, dores articulares, espasmos musculares, cansaço excessivo e até febre,

Além disso, também pode haver casos de pneumonia e outras infecções respiratórias constantes, assim como alterações nos valores do exame de sangue, especialmente no número de leucócitos, eritrócitos e plaquetas.

Quem não deve usar

O carfilzomib não deve ser usado por mulheres grávidas ou a amamentar, assim como em pessoas com alergia a algum dos componentes da fórmula. Além disso, deve ser utilizado com cuidado e apenas sob orientação médica em caso de doenças cardíacas, problemas pulmonares ou alterações renais.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...