Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Quando a criança deve ser vacinada depois dos 4 anos?

Após os 4 anos de idade a criança precisa tomar as doses de reforço de vacinas como a da poliomelite e da febre amarela, sendo importante que os pais continuem atentos com o calendário de vacinação.

Tomar as vacinas corretamente é a melhor maneira de proteger a criança contra doenças perigosas, que podem trazer consequências graves para a saúde e prejudicar o seu desenvolvimento físico e mental.

Calendário de vacinação da criança entre 4 e 10 anos de idade

O calendário de vacinação da criança foi atualizado em 2016 pelo Ministério da Saúde, determinando as vacinas e os reforços que devem ser tomadas em cada idade, como mostrado a seguir:

4 anos

  • Vacina VOP: dose de reforço da vacina contra a poliomielite, também conhecida por paralisia infantil;
  • Vacina contra a febre amarela: 2ª dose da vacina.

5 anos

  • Vacina DTP: 2º reforço da vacina DTP, também conhecida como tríplice bacteriana, que protege contra difteria, coqueluche e tétano;
  • Vacina Meningocócica MenACWY: vacina contra meningite meningocócica.
As vacinas são a melhor maneira de proteger a criança contra doenças gravesAs vacinas são a melhor maneira de proteger a criança contra doenças graves

6 a 8 anos

Sem vacinação.

9 anos

  • Vacina HPV: vacina contra HPV, que é dada em 2 doses.

10 anos

  • Vacina DTP: 3º reforço da vacina DTP, também conhecida como tríplice bacteriana, que protege contra difteria, coqueluche e tétano.

Além dessas vacinas, o calendário também recomenda a vacinação anual contra a gripe até os 10 anos de idade, também chamada de vacina contra influenza.

Quando ir no médico após a vacinação

Após tomar vacinas, é importante ficar atento para sinais de reação à vacina, como manchas vermelhas e irritação na pele, febre superior 39ºC, convulsões, tosse e dificuldade para respirar.

Esses sinais normalmente começam a surgir cerca de 2h após a tomada da vacina, sendo necessário ir ao médico caso os sinais de reação à vacina não passem após 1 semana.

Febre alta e uso de corticoides são exemplos de fatores que impedem a vacinação, por isso saiba quando não vacinar a criança.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...