Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Beber 3 xícaras de café por dia reduz risco de câncer

O consumo de café pode diminuir o risco de desenvolver câncer em diferentes partes do corpo, pois é uma substância muito rica em antioxidantes e minerais que ajudam a evitar a degradação e alteração das células, prevenindo o surgimento de mutações que podem resultar em tumores e, consequentemente, câncer. 

A quantidade de café necessária para manter o corpo protegido varia de acordo o tipo de câncer, no entanto, beber pelo menos 3 xícaras de café torrado e moído, por dia, já é o suficiente para reduzir o risco de vários tipos de câncer.

De acordo com vários estudos, os benefícios do café não estão relacionados com a cafeína, porém o café descafeinado não possui um poder de proteção tão grande porque durante o processo de remoção da caféina, geralmente, são retirados muitos antioxidantes e minerais importantes.

Beber 3 xícaras de café por dia reduz risco de câncer

Além do café, o consumo de uma alimentação rica colorida e variada, baseada em alimentos naturais é comprovadamente uma estratégia científica para a proteção das mutações celulares que levam à diversos tipo de câncer por possuir muitos antioxidantes também.

Tipos de câncer que podem ser evitados

Após diferentes estudos feitos com o café, para observar o seu efeito sobre o câncer, os principais resultados são:

  • Câncer de próstata: as substâncias do café afetam o metabolismo da glicose e da insulina, assim como a produção de hormonais sexuais, que são os principais fatores no desenvolvimento deste tipo de câncer. Para reduzir até 60% as chances de ter câncer de próstata é recomendado beber, pelo menos, 6 xícaras de café por dia.
  • Câncer de mama: o café altera o metabolismo de alguns hormônios femininos, eliminando produtos cancerígenos. Além disso, a caféina parece dificultar o crescimento de células cancerígenas na mama. A maioria dos resultados foram encontrados em mulheres que tomam mais de 3 xícaras de café por dia.
  • Câncer de pele: em diferentes estudos o café está diretamente relacionado com a diminuição do risco de desenvolcer melanoma, o tipo mais grave de câncer de pele. Quanto maior a ingestão de café, menores parecem ser as chances de ter câncer na pele.
  • Câncer de cólon: neste tipo, o café melhora as chances de cura em pacientes que já desenvolveram o câncer e evita que os  tumores voltem a surgir após o tratamento. Para obter estes bebnefícios deve-se ingerir, pelo menos, 2 xícaras de café por dia.

Independentemente do tipo de câncer, o café não é uma substância com eficácia completamente comprovada, sendo que o seu efeito é muito reduzido quando existem outros fatores de risco como ter historial de câncer na família, ser fumante ou consumir bebidas alcoólicas em excesso.

Quem não deve consumir café

Embora o café possa proteger contra o câncer, existem situações em que beber as quantidades indicadas podem agravar alguns problemas de saúde. Dessa forma, o consumo de café deve ser evitado por quem tem pressão alta, insônia, problemas cardíacos, gastrite ou sofre frequentemente com excesso de ansiedade, por exemplo.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...