Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Botulismo

O botulismo é uma doença rara, mas que pode ser fatal, produzida por uma bactéria chamada Clostridium botulinum, presente no solo e em alimentos mal conservados. Essa intoxicação alimentar pode produzir danos graves nos nervos e músculos.

Causas de botulismo

A principal causa de botulismo infantil é o consumo do mel antes de 1 ano de idade, pois nesta fase o bebê ainda não possui um sistema imunológico bem desenvolvido, ficando propenso às bactérias oportunistas.

As conservas caseiras são a fonte mais frequente do botulismo, embora alimentos comerciais também possam causar essa intoxicação alimentar porque é na presença de umidade, de nutrientes e na ausência de oxigênio que a bactéria produz substâncias altamente tóxicas que resistem às enzimas digestivas do organismo.

Os vegetais, os peixes, as frutas e os condimentos são as fontes alimentares mais comuns. A carne bovina, os laticínios, a carne suína e de aves e outros alimentos também foram responsabilizados por casos de botulismo.

O Clostridium botulinum também é comum no meio ambiente e alguns casos de botulismo podem ser consequência da ingestão de pequenas quantidades de poeira ou de terra contendo a bactéria.

Sintomas de botulismo

Os sintomas do botulismo são:

  • tontura;
  • boca seca;
  • fotofobia;
  • queda da pálpebra;
  • dificuldade para fazer suas necessidades;
  • paralisia muscular progressiva, que inicia na cabeça e depois vai descendo pelo corpo;
  • dificuldade em engolir;
  • visão dupla;
  • dificuldade em respirar.

Estes sintomas podem iniciar de 3 horas a 7 dias após a contaminação com a bactéria.

Diagnóstico do botulismo

O diagnóstico do botulismo é feito através do exame de sangue ou de fezes que mostram a presença na bactéria no organismo.

Tratamento para botulismo

O tratamento para o botulismo é feito através da ingestão do soro antibotulínico em meio hospitalar, mas este remédio só tem efeito nas toxinas que ainda não tenham se ligado ao sistema nervoso e, por isso, o tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível.

Durante o tratamento deve-se fazer uma lavagem estomacal e intestinal para garantir que não reste nenhum alimento contaminado no organismo do indivíduo, a fim de evitar maiores danos.

A ingestão de antibióticos não tem nenhum efeito em caso de botulismo.

Consequências do botulismo

Se o tratamento para o botulismo não for iniciado precocemente, o indivíduo poderá sofrer consequências graves, como paralisia dos membros e dos músculos respiratórios, que fará com que ele respire por aparelhos por um longo período.

Embora raro, o botulismo pode levar à invalidez ou morte.

Prevenção do botulismo

Como forma de prevenção do botulismo, recomenda-se:

  • não oferecer mel ao bebê com menos de 1 ano de idade;
  • não consumir alimentos enlatados cuja embalagem esteja danificada, com a tampa estufada ou enferrujada;
  • não consumir alimentos industrializados que apresentem líquido ou vidro turvo.

E ainda, ferver por 5 minutos todos os alimentos enlatados antes do consumo, especialmente o Palmito, que é um das grandes causas do botulismo em adultos.

Links úteis:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...