13 benefícios do chá verde (e como fazer)

Revisão clínica: Manuel Reis
Enfermeiro

O chá verde é uma bebida feita a partir das folhas frescas da planta Camellia sinensis. O chá verde proporciona diversos benefícios à saúde, como ajudar a prevenir diversos tipos de câncer, doenças do coração e diabetes, além de promover a perda de peso e melhorar a disposição física e mental.

Os benefícios do chá verde se devem ao fato dessa planta ser rica em compostos fenólicos, catequinas e flavonoides, além de conter cafeína, que atuam como antioxidantes e exercem ação hipoglicemiante, antiobesidade, anti-inflamatória, antibacteriana, antiviral, antimutagênica, diurética e estimulante.

O chá verde pode ser encontrado em supermercados, lojas de produtos naturais ou farmácias na forma de pó solúvel, saquinhos de chá ou cápsulas.

Os principais benefícios do chá verde para saúde são:

1. Prevenir alguns tipos de câncer

O consumo regular de chá verde ajuda a prevenir alguns tipos de câncer, principalmente o de próstata, de cólon, de estômago, de mama, de pulmão, de ovário e de bexiga, já que é rico em antioxidantes que evitam os danos causados pelo excesso de radicais livres às células.

Além disso, as catequinas presentes em grandes quantidades no chá verde fortalecem o sistema imunológico, ajudando a evitar a formação de células cancerígenas.

2. Ajudar na perda de peso

Por ter um efeito diurético, o chá verde ajuda a eliminar o excesso de líquido corporal, desinchando e ajudando na perda de peso. Conheça outros chás diuréticos que também ajudam a desinchar.

Além disso, os compostos bioativos, como a cafeína, as catequinas e os flavonoides, ajudam a acelerar o metabolismo, fazendo com que o organismo gaste mais energia e estimulando o emagrecimento.

3. Prevenir o envelhecimento precoce

O chá verde possui grande quantidade de antioxidantes que combatem os radicais livres, prevenindo, assim, o surgimento de rugas, a flacidez e o envelhecimento precoce.

Além disso, as catequinas presentes no chá verde, ajudam a reduzir a produção de produtos de glicação avançada (AGEs), diminuindo a inflamação e prevenindo a flacidez da pele.

4. Evitar gripes e resfriados

O chá verde possui propriedades antimicrobianas que ajudam a combater bactérias e vírus, prevenindo o surgimento de doenças como resfriados e gripes causadas pelos vírus Influenza A e B.

5. Prevenir doenças do coração

O chá verde ajuda a regular os níveis de colesterol, principalmente o colesterol “ruim”, o LDL, devido ao seu poder antioxidante. Além disso, a bebida inibe a formação de coágulos no sangue, prevenindo doenças do coração como, trombose, infarto e derrame.

6. Melhorar a saúde dental

Por possuir propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias, o chá verde pode evitar a formação de cáries e a inflamação das gengivas, diminuindo o risco de desenvolver periodontite. Além disso, o chá verde também ajuda a combater o mau hálito.

7. Prevenir a diabetes

Devido à ação antioxidante das catequinas, o chá verde diminui o estresse oxidativo e melhora a função do hormônio insulina, regulando os níveis de açúcar no sangue e ajudando na prevenção e no tratamento da diabetes.

8. Controlar pressão arterial

O chá verde, além de ser diurético, possui catequinas, que são compostos bioativos com propriedades antioxidantes que podem ajudar a relaxar os vasos sanguíneos e, consequentemente, regular a pressão arterial.

Apesar de se acreditar que a cafeína presente no chá verde pode aumentar a pressão arterial, estudos [1,2,3] têm demonstrado que as catequinas, presentes em grandes quantidades nessa bebida, diminuem a inflamação, a oxidação e melhoram a circulação de sangue, podendo ajudar a controlar a pressão arterial.

Além disso, o chá verde contém em média 3 vezes menos cafeína que o café e, por isso, a bebida pode ser uma boa opção para ajudar a controlar a pressão alta.

9. Melhorar o desempenho durante os exercícios

O consumo regular de chá verde ajuda a melhorar o desempenho durante os exercícios de resistência, além de estimular a utilização da gordura pelo organismo para gerar energia e aumentar, assim, o gasto calórico.

10. Prevenir doenças neurodegenerativas

As catequinas e flavonoides presentes no chá verde têm importante atividade antioxidante, combatendo os radicais livres no cérebro e prevenindo algumas doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e mal de Parkinson.

Além disso, os polifenóis presentes no chá verde também ajudam a melhorar a memória e a mobilidade em pessoas que já possuem Alzheimer e mal de Parkinson.

11. Manter a saúde do intestino

As catequinas, presentes no chá verde, possuem ação antioxidante, antimicrobiana e anti-inflamatória, que fortalecem as bactérias benéficas do intestino e combatem as bactérias ruins, mantendo a saúde do intestino e evitando, assim, o surgimento de infecções intestinais e doenças inflamatórias intestinais, por exemplo.

Além disso, o chá verde também contém cafeína, um composto bioativo que estimula os movimentos naturais do intestino, facilitando a eliminação das fezes e ajudando a combater a prisão de ventre.

12. Melhorar o humor e a concentração

O chá verde contém cafeína, uma substância que melhora a atividade do sistema nervoso central, estimulando a liberação de serotonina e melhorando, assim, o humor e o bem estar geral. Veja outros alimentos com cafeína que também melhoram o humor.

Além disso, o chá verde também aumenta a liberação de adrenalina, noradrenalina e dopamina no organismo, hormônios e neurotransmissores que aumentam a concentração e diminuem o sono.

13. Combater a retenção de líquidos

O principal componente do chá verde é a cafeína, que possui propriedade diurética que ajuda a combater a retenção de líquidos. Além disso, também possui outros componentes em menor quantidades, como a teobromina e teofilina, que também ajudam a estimular a diurese, ajudando a diminuir os sintomas de hipertensão, por exemplo.

Como preparar

O chá verde pode ser preparado sozinho ou junto com limão e folhas de menta, por exemplo, ajudando a diminuir o sabor forte do chá verde.

Ingredientes:

  • 1 xícara de água;
  • 1 colher de chá, do chá verde;
  • Suco de meio limão (opcional).

Modo de preparo:

Ferver a água em uma panela ou chaleira, adicionar as folhas de chá verde e apagar o fogo. Cobrir a panela ou chaleira e deixar repousar por 10 minutos. Coar, adicionar o suco de limão e beber frio ou morno.

Como tomar o chá verde

É recomendado tomar de 2 a 4 xícaras de chá verde por dia, que devem ser entre as refeições. Já para pessoas que possuem pressão alta, a recomendação é ingerir o máximo de 3 xícaras do chá verde por dia.

No caso das cápsulas, é recomendada a ingestão de 1 cápsula de chá verde de 2 a 3 vezes por dia. Saiba como tomar as cápsulas de chá verde.

O chá verde deve ser consumido entre as refeições, pois pode diminuir a absorção de alguns nutrientes, como ferro e cálcio.

Possíveis efeitos secundários

Quando consumido em altas quantidades, o chá verde pode causar náusea, dor de cabeça, insônia, irritabilidade, queimação e irritação no estômago, vômitos, e alteração nos batimentos do coração.

Além disso, a ingestão excessiva de chá verde pode diminuir a absorção de ferro e, em alguns casos, pode causar intoxicação no fígado.

Contraindicações

O chá verde é contraindicado durante a gravidez e a amamentação, assim como para pessoas com dificuldade para dormir, com alterações na tireoide, problemas nos rins ou fígado, anemia, úlceras gástricas e gastrite.

Além disso, o chá verde pode interferir na ação de alguns medicamentos como anticoagulantes, remédios para pressão alta e colesterol alto e, por isso, nesses casos, o consumo do chá verde só deve ser feito após orientação do médico.

Esta informação foi útil?

Fechar
Obrigado pela sua mensagem.
Revisão clínica:
Manuel Reis
Enfermeiro
Pós-graduado em fitoterapia clínica e formado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto, em 2013. Membro nº 79026 da Ordem dos Enfermeiros.
Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em maio de 2022. Revisão clínica por Manuel Reis - Enfermeiro, em maio de 2022.

Bibliografia

  • PLATAFORMA PORTUGUESA DE INFORMAÇÃO ALIMENTAR. Composição de Alimentos. Disponível em: <http://portfir.insa.pt/foodcomp/search>. Acesso em 02 nov 2021
  • NATIONAL CENTER FOR COMPLEMENTARY AND INTEGRATIVE HEALTH. Health information: green tea. Disponível em: <https://www.nccih.nih.gov/health/green-tea>. Acesso em 07 abr 2022
Mostrar bibliografia completa
  • Journal of Clinical Sleep Medicine. Caffeine Effects on Sleep Taken 0, 3, or 6 Hours before Going to Bed. J Clin Sleep Med. 9. 11; 1195–1200, 2013
  • PENG, Xiaoli et al. Effect of green tea consumption on blood pressure: A meta-analysis of 13 randomized controlled trials. Scientific Reports. Vol.4. 1-7, 2014
  • RENFAN, Xu et al. Effect of green tea supplementation on blood pressure A systematic review and meta-analysis of randomized controlled trials. Medicine. Vol.99. ed.6; 1-8, 2020
  • XU, Renfan et al. Effect of green tea supplementation on blood pressure. Medicine. Vol.99. 6.ed; 1-8, 2020
  • ROSZHAN, M, Marjan et al. The effects of regular consumption of green or black tea beverage on blood pressure in those with elevated blood pressure or hypertension: A systematic review and meta-analysis. Complementary Therapies in Medicine. Vol.51. 1-11, 2020
  • LAMPRECHT Manfred. Antioxidants in Sport Nutrition. Estados Unidos: Taylor & Francis GrouP, llc, 2015. Chapter 8.
  • MURASE Takatoshi et al. Green tea extract improves endurance capacity and increases muscle lipid oxidation in mice. American Journal of Physiology-Regulatory, Integrative and Comparative Physiology. 288. 3; 708-715, 2005
  • MUSIAL Claudia; KUBAN-JANKOWSKA Alicja et al. Beneficial Properties of Green Tea Catechins. Nutrients. 21. 1-11, 2020
  • IKBAL Asik; ROY Satarupa et al. Health benefits of green tea: A mini review. Journal of Entomology and Zoology Studies. 8. 1; 1424-1430, 2020

Vídeos relacionados

  • Faça essa bebida para emagrecer mais rápido

    13:04 | 394409 visualizações