Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Artroplastia do Quadril

A artroplastia de quadril é uma cirurgia ortopédica utilizada para substituir a articulação natural do quadril por uma prótese de metal, de polietileno ou de cerâmica.

Geralmente, a artroplastia do quadril é utilizada em idosos com desgaste na articulação, devido à artrose, artrite reumatoide ou espondilite anquilosante, no entanto, também pode ser utilizada em pacientes jovens, caso aconteça fratura do colo do fémur, por exemplo.

A artroplastia do quadril possui alguns riscos e, por isso, só é utilizada em último recurso quando os analgésicos, anti-inflamatórios e a fisioterapia já não ajudam a aliviar a dor no quadril.

Raio x da prótese do quadrilRaio x da prótese do quadril
Prótese do quadril em metalPrótese do quadril em metal

Fisioterapia após a colocação de prótese de quadril

A fisioterapia para artroplastia de quadril deve começar no 1º dia após a cirurgia, sendo importante para aliviar as dores, diminuir o inchaço, melhorar os movimentos do quadril e fortalecer os músculos.

Normalmente, o programa de fisioterapia para a prótese de quadril deve ser orientado por um fisioterapeuta e inclui exercícios para aprender a andar com a prótese, para fortalecer os músculos e para desenvolver equilíbrio.

Após alta do hospital, o paciente deve manter a fisioterapia no domicílio ou em uma clínica até 6 meses de pós-operatório da artroplastia do quadril.

Veja como fazer os exercícios em: Fisioterapia após prótese de quadril.

Cuidados após a colocação de prótese de quadril

A recuperação da artroplastia do quadril dura cerca de 6 meses e durante esse período o paciente deve ter alguns cuidados, como:

  • Deitar de barriga para cima com as pernas abertas;
  • Não cruzar as pernas;
  • Evitar girar a perna operada para dentro ou para fora, sobre ela mesma;
  • Não sentar em locais muito baixos: colocar sempre assentos para elevar o vaso sanitário e cadeiras;
  • Evitar deitar de lado sobre a perna operada, especialmente no primeiro mês após a cirurgia;
  • Ao subir degraus, primeiro deve-se colocar a perna não operada e depois a operada. Para descer, primeiro vai a perna operada e depois a não operada;
  • Praticar atividades leves, como caminhada ou dança, após 2 meses de recuperação e sob orientação do médico ou fisioterapeuta.

Saiba mais em: Como acelerar a recuperação após prótese de quadril.

Geralmente, o paciente deve ir a uma consulta de revisão 7 a 10 dias após a cirurgia para retirar os pontos e despistar algumas complicações, como desencaixe da prótese ou infecção. 

Após a primeira consulta de revisão, o paciente deve voltar a consultar o ortopedista de 2 em 2 anos para fazer um raio X e avaliar o posicionamento e desgaste da prótese. Normalmente, a prótese só necessita ser trocada após 25 anos de utilização moderada, podendo ser trocada mais cedo em pacientes jovens que fazem atividades mais intensas.

Compilações da artroplastia do quadril

Algumas complicações da artroplastia do quadril podem ser:

  • Infecção da prótese;
  • Trombose venosa profunda;
  • Embolia pulmonar;
  • Desencaixe da prótese;
  • Alongamento ou encurtamento da perna.

As complicações da artroplastia são raras, especialmente quando o paciente segue as orientações e os cuidados adequados no pós-operatório da cirurgia.

Quando existe suspeita de complicações com a prótese do quadril, deve-se consultar o ortopedista ou ir ao pronto-socorro para iniciar o tratamento adequado.

Como é feita a artroplastia do quadril

A cirurgia artroplastia de quadril é feita sob anestesia no centro cirúrgico, que pode ser um bloqueio regional ou anestesia geral. O cirurgião faz um corte na parte lateral da coxa, retira as partes desgastadas pela artrose e coloca a prótese de quadril.

O tempo de duração da cirurgia é de, aproximadamente, 2 horas e meia, mas pode ser mais longa, dependendo das condições do paciente. Já o tempo de internamento hospitalar pode variar entre 3 a 5 dias e a fisioterapia deve ser iniciada logo no pós-operatório.

O cirurgião, normalmente, receita analgésicos e anti-inflamatórios, como Paracetamol ou Ibuprofeno, após a cirurgia e enquanto o paciente tiver dores.

Link útil:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...