Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Alterações comuns da urina

As alterações comuns da urina estão relacionadas com os diferentes componentes da urina, como cor, cheiro e presença de substâncias, como proteínas, glicose, hemoglobina ou leucócitos, por exemplo.

Geralmente, as alterações da urina são identificadas no resultado do exame de urina pedido pelo médico, mas também podem ser notadas em casa, especialmente quando causam alterações na cor e cheiro ou causam o surgimento de sintomas como dor ao urinar e vontade excessiva de urinar.

Em qualquer caso, sempre que surgem alterações na urina é recomendado que se aumente a ingestão de água durante o dia ou se consulte um urologista caso os sintomas se mantenham por mais de 24 horas.

Alterações da urina identificadas em casa

1. Cor da urina

As alterações na cor da urina, normalmente, são provocadas pela quantidade de água ingerida, isto é, quando se bebe mais água durante o dia a urina é mais clara, já quando se bebe pouca água a urina é mais escura. Além disso, alguns medicamentos, exames com contraste e alimentos também podem alterar a cor da urina, fazendo que fique cor de rosa, vermelha ou verde, por exemplo. Saiba mais em: O que pode alterar a cor da urina.

O que fazer: é recomendado aumentar a ingestão diária de água para, pelo menos, 1,5 litros e consultar um urologista caso a cor da urina não volte ao normal após 24 horas.

Alterações comuns da urina

2. Cheiro da urina

As alterações do cheiro da urina são muito frequentes quando existe uma infecção urinária, causando o surgimento de cheiro fétido ao urinar, assim como queimação ou vontade frequente de urinar. No entanto, pacientes com diabetes podem apresentar alteações normais no cheiro da urina devido ao excesso de açúcar na urina. Veja outras causas para a urina com cheiro forte em Saiba o que quer dizer a Urina com Cheiro Forte

O que fazer: é importante consultar um clínico geral ou um urologista para fazer uma urocultura e identificar se existem bactérias na urina que possam estar causando uma infecção urinária. Veja como é feito o tratamento em: Tratamento para infecção urinária.

3. Quantidade de urina

As alterações na quantidade de urina, normalmente, estão relacionadas com a ingestão de água e, por isso, quando a quantidade é menor, significa que se está bebendo pouca água durante o dia, por exemplo. No entanto, as alterações na quantidade de urina também podem indicar problemas de saúde como diabetes, insuficiência renal ou anemia.

O que fazer: deve-se aumentar o consumo de água caso a quantidade de urina tenha reduzido, porém, caso o problema se mantenha, deve-se consultar um urologista ou nefrologista para diagnosticar o problema e iniciar o tratamento adequado.

Alterações no exame de urina

1. Proteínas na urina

A presença de proteínas é uma das principais alterações da urina na gravidez devido ao aumento de trabalho dos rins, porém, noutras situações, pode ser sinal de problemas renais, como insuficiência renal ou infecção, por exemplo.

O que fazer: deve-se consultar um urologista para fazer outros exames, como exame de sangue, urocultura ou ultrassonografia, para diagnosticar o que está causando o surgimento de proteínas na urina e iniciar o tratamento adequado.

2.Glicose na urina

Geralmente, a presença de glicose na urina acontece quando os níveis de açúcar no sangue estão muito elevados, como durante uma crise de diabetes ou após comer muitos doces, por exemplo. Porém também pode acontecer quando existe algum problema nos rins.

O que fazer: é importante consultar o clínico geral para verificar os níveis de açúcar no sangue, pois pode ser sinal de diabetes, caso ainda não tenha sido diagnosticada.

3. Hemoglobina na urina

A presença de hemoglobina na urina, também conhecida como sangue na urina, normalmente acontece devido a problemas nos rins ou no trato urinário, como infecção urinária ou pedra nos rins. Nestes casos, também é frequente o surgimento de dor e queimação ao urinar. Veja outras causas em: Urina com sangue.

O que fazer: deve-se consultar um urologista para identificar a causa de sangue na urina e iniciar o tratamento adequado.

4. Leucócitos na urina

A existência de leucócitos na urina é um sinal de infecção urinária, mesmo que o paciente não apresente qualquer sintoma, como febre ou dor ao urinar.

O que fazer: deve-se consultar o urologista para iniciar o tratamento da infecção urinária com antibióticos, como Amoxicilina ou Ciprofloxacino, por exemplo.

Quando ir no médico

É recomendado consultar um urologista quando:

  • As alterações da cor e cheiro da urina duram mais de 24 horas;
  • Surgem resultados alterados no exame de urina de rotina;
  • Surgem outros sintomas como febre acima de 38ºC, dor intensa ao urinar ou vômitos;
  • Existe dificuldade para urinar ou incontinência urinária.

Para identificar a causa das alterações na urina o médico pode pedir exames de diagnóstico, como ultrassonografia, tomografia computadorizada ou cistoscopia.

Veja também: O que pode causar urina com espuma.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...