17 alimentos low carb (para ter em casa)

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
março 2022

Os alimentos low carb, como algumas frutas, vegetais e os frutos secos, contêm ótimas quantidades de fibras e gorduras saudáveis, que ajudam a prolongar a saciedade, sendo ótimas opções para incluir em dietas de emagrecimento.

Além disso, os alimentos low carb têm baixo teor de carboidratos, ajudando a diminuir a velocidade de absorção do açúcar, prevenindo e controlando a diabetes. Conheça outros alimentos com baixo teor de carboidratos.

Veja com a nutricionista Tatiana Zanin como fazer uma dieta com os alimentos low carb:

Os principais alimentos low carb são:

1. Carnes

As carnes como vitela, porco, frango e peixe, são ricas em proteínas, um nutriente que leva mais tempo para ser digerido, e, por isso, ajudam a controlar a fome, promovendo a perda de peso.

Além disso, as carnes não contêm carboidratos e, por isso, podem ser inseridas em uma dieta low carb para ajudar a equilibrar os níveis de glicose no sangue, prevenindo e controlando a diabetes. Veja como fazer a dieta low carb para ajudar a controlar a diabetes.

2. Peixes

Os peixes, como, tilápia, robalo e namorado, são excelentes opções de alimentos low carb, porque contêm ótimas quantidades de proteína, além de serem pobres em carboidratos.

Já peixes como salmão, sardinha e atum, são ricos em ômega 3, um tipo de gordura saudável com propriedades anti-inflamatórias, promovendo o controle dos níveis de glicose e colesterol no sangue e evitando doenças, como diabetes, infarto e aterosclerose.

3. Vegetais

Os vegetais são alimentos low carb, porque contém baixo teor de carboidratos, além de terem ótimas quantidades de fibras e água que ajudam a combater a prisão de ventre, aumentam a sensação de saciedade e regulam os níveis de glicose no sangue. Alguns do vegetais low carb são:

  • Abobrinha;
  • Pepino;
  • Alface;
  • Rúcula;
  • Espinafre;
  • Couve flor;
  • Brócolis;
  • Rabanete;
  • Tomate;
  • Chuchu;
  • Repolho;
  • Espinafre.

Apesar de terem boas quantidades de fibras, vitaminas e minerais, os vegetais tubérculos, como batata, batata doce, aipim e inhame não são considerados low carb, porque também contêm alto teor de carboidratos.

4. Ovos

Os ovos, como os de galinha, codorna ou pata, são ricos em proteínas, ajudando na produção de músculo e no controle da fome, sendo ótimas opções de alimentos low carb para incluir em dietas para ganho de massa muscular e emagrecimento.

5. Bebidas vegetais

As bebidas vegetais, ou leites vegetais, como a bebida de amêndoa, avelã ou coco, são consideradas alimentos low carb porque têm baixo índice glicêmico, ajudando a controlar a fome, além de prevenir e equilibrar a diabetes. Confira outros alimentos com baixo índice glicêmico para ajudar a controlar a fome.

6. Queijos

Os queijos, como muçarela, brie, cheddar, parmesão, camembert, queijo coalho e queijo de cabra, são alimentos low carb porque contêm pouco carboidrato.

Por serem ricos em proteínas, os queijos são ótimas opções para ajudar a controlar a fome e promover o ganho de massa muscular.

7. Manteiga

A manteiga não contém carboidratos, sendo um alimento low carb interessante para ajudar a equilibrar os níveis de glicose no sangue, prevenindo e controlando a diabetes.

Por ter boas quantidades de gordura, um nutriente que leva mais tempo para ser digerido, o consumo equilibrado de manteiga também promove o controle da fome, ajudando na perda de peso.

8. Iogurte integral

O iogurte integral, como o grego e o natural, são alimentos low carb, porque são ricos em proteínas e gorduras boas, que ajudam a controlar a fome, promovendo a perda de peso.

Por terem baixo índice glicêmico, os iogurtes integrais também favorecem o equilíbrio dos níveis de glicose no sangue, prevenindo e controlando a diabetes.

9. Temperos

Os temperos, como cúrcuma, pimenta, alecrim, cheiro verde e coentro, são alimentos low carb, porque contêm baixo teor de carboidratos, além de serem ricos em fibras, podendo ser incluídos em preparações como saladas, bebidas e ensopados.

10. Creme de leite fresco

O creme de leite fresco é um alimento low carb porque tem boas quantidades de proteína e gordura saudável que ajudam a controlar a fome ao longo do dia, promovendo a perda de peso.

Além disso, o consumo moderado do creme de leite fresco pode ajudar a controlar os níveis de glicose no sangue e a diabetes por ser um alimento pobre em carboidratos.

11. Frutas

As frutas consideradas low carb são as frescas e com baixa quantidade de carboidratos, como framboesa, limão, mirtilo, morango, abacate, coco, maçã e pera, que ajudam a controlar os níveis de glicose e insulina no sangue, prevenindo a resistência à insulina e  diabetes.

É importante que essas frutas sejam consumidas ao natural e, sempre que possível com casas, porque fornecem maior quantidade de fibras que ajudam a controlar a fome, sendo ótimas opções para incluir em dietas para perda de peso.

No entanto, nem todas as frutas podem ser consideradas low carb porque algumas têm altas quantidades de carboidratos, como as frutas secas, as frutas em calda, o melão e a melancia.

12. Frutos secos

Os frutos secos, como noz, castanha do Pará, avelã e amêndoa são alimentos low carb, porque são ricos em gorduras boas e fibras, fornecendo diversos benefícios para a saúde como diminuir os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue, prevenindo situações, como infarto, aterosclerose e derrame.

Além disso, os frutos secos têm ótimas quantidades de proteínas, que ajudam a prolongar a saciedade ao longo do dia e promover o ganho de massa muscular. Veja como consumir os frutos secos para ganhar massa muscular.

13. Azeite extra virgem

O azeite extra virgem é um alimento low carb, porque não contém carboidratos, além de ser rico em ômega 9, uma gordura saudável com propriedades anti-inflamatórias, ajudando a melhorar a circulação de sangue e reduzir os níveis de colesterol “ruim”, o LDL, no sangue.

Além do azeite, existem outros óleos vegetais low carb como o óleo de linhaça e o óleo de abacate. No entanto, para se obter os benefícios com o consumo dos óleos vegetais é importante que eles sejam do tipo prensado a frio, pois desta forma as propriedades benéficas dos óleos são melhor preservadas.

14. Farinha de coco

A farinha de coco é um alimento low carb porque tem baixo teor de carboidratos, além de conter ótimas quantidades de fibras, que ajudam a controlar os níveis de açúcar e de colesterol “ruim” no sangue, prevenindo a diabetes e a hipercolesterolemia.

Por ser rica em fibras e gorduras saudáveis, a farinha de coco também ajuda no controle da fome ao longo do dia, e, por isso, esse alimento pode ser incluído em uma dieta low carb para quem deseja perder peso.

15. Sementes

As sementes de girassol, linhaça, abóbora, chia e gergelim são excelentes alimentos low carb porque contém ótimas quantidades de gorduras saudáveis e fibras que ajudam no controle da fome, na prevenção da diabetes e no combate à prisão de ventre.

16. Adoçantes naturais

Os adoçantes naturais, como stévia, taumatina, eritritol e xilitol, são considerados low carb porque não contém carboidratos, ajudando, assim, a equilibrar os níveis de glicose no sangue, promovendo o controle da fome e prevenindo a diabetes.

17. Água, café e chás

A água, o café e os chás sem açúcar são bebidas low carb que não contém carboidratos, que ajudam a hidratar o organismo e preencher o estômago, combatendo a prisão de ventre e promovendo a saciedade.

Esta informação foi útil?

Fechar
Obrigado pela sua mensagem.
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.
Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em março de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em março de 2022.

Bibliografia

  • DIABETES UK. Position statement Low-carb diets for people with diabetes. 2017. Disponível em: <https://www.diabetes.org.uk/resources-s3/2017-09/low-carb-diets-position-statement-May-2017.pdf>. Acesso em 22 dez 2021
  • WYLIE-ROSETT Judith et al. Health Effects of Low-Carbohydrate Diets: Where Should New Research Go?. Current Diabetes Reports. 13. 2; 271-278, 2013
Mostrar bibliografia completa
  • PLATAFORMA PORTUGUESA DE INFORMAÇÃO ALIMENTAR. Composição de Alimentos. Disponível em: <http://portfir.insa.pt/foodcomp/search>. Acesso em 22 dez 2021
  • UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS – UNICAMP. Tabela Brasileira de Composição de Alimentos.. 2011. Disponível em: <http://www.nepa.unicamp.br/taco/contar/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf?arquivo=taco_4_versao_ampliada_e_revisada.pdf>. Acesso em 22 dez 2021
  • VAZ, Diana et al. A IMPORTÂNCIA DO ÔMEGA 3 PARA A SAÚDE HUMANA: UM ESTUDO DE REVISÃO. Revista UNINGÁ. 20. 2; 48-54, 2014
  • SOUSA, Álison; ALMEIDA, Neiva. Ácidos graxos em peixes marinhos e de água doce: um comparativo. CIENTEC – Revista de Ciência, Tecnologia e Humanidades do IFPE. 10. 1; 105-120, 2017
  • ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DOS NUTRICIONISTAS. Pescar Saúde. 2016. Disponível em: <https://www.apn.org.pt/documentos/ebooks/E-book_pescado_Final_High.pdf>. Acesso em 02 fev 2021
  • ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DOS NUTRICIONISTAS. O iogurte – para saber mais. 2013. Disponível em: <https://www.apn.org.pt/documentos/ebooks/Ebook_Iogurte.pdf>. Acesso em 02 fev 2021
  • SAÚDE BRASIL. Manteiga ou margarina: qual é a melhor opção para a saúde?. Disponível em: <https://saudebrasil.saude.gov.br/eu-quero-me-alimentar-melhor/manteiga-ou-margarina-qual-e-a-melhor-opcao-para-a-saude>. Acesso em 02 fev 2021
  • O FLORENSE. Os benefícios do iogurte. 2016. Disponível em: <https://jornaloflorense.com.br/especiais/1474043370.pdf>. Acesso em 02 fev 2021
  • BTS INFORMA. Leite & Derivados. 2014. Disponível em: <https://ital.agricultura.sp.gov.br/arquivos/tl/artigos/artigo-creme-de-leite.pdf>. Acesso em 02 fev 2021
  • DGS. Fibras alimentares. Disponível em: <https://www.dgs.pt/ficheiros-de-upload-1/alimentacao-fibras-alimentares-pdf.aspx>. Acesso em 02 fev 2021
  • INIAV. Benefícios do azeite para a saúde. 2017. Disponível em: <http://www.iniav.pt/fotos/editor2/beneficios_do_azeite_para_a_saude.pdf>. Acesso em 02 fev 2021
  • ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE NUTRIÇÃO ENTÉRICA E PARENTÉRICA. PERFIL DE ÁCIDOS GORDOS DE SEMENTES: BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE. 2012. Disponível em: <http://repositorio.insa.pt/bitstream/10400.18/3780/1/Poster_Sementes_APNEP.PDF>. Acesso em 02 fev 2021
  • AADIL, Rana; ROOBAB, Ume. Farinhas de frutas e vegetais: uma alternativa nutricional e sustentável sem glúten e com baixo teor de carboidratos. MNS-University of Agriculture, Multan, Pakistan. 69, 2020
  • WYNESS, Laura. The role of red meat in the diet: nutrition and health benefits. Proceedings of the Nutrition Society. 75. 3; 1-6, 2015
  • CORDEIO, Renata; SALLES, Marina; AZEVEDO, Bruna. BENEFÍCIOS E MALEFÍCIOS DA DIETA LOW CARB. Revista Saúde em Foco. 9; 714-722, 2017
  • FOOD INGREDIENTS BRASIL . Os benefícios à saúde dos ácidos graxos poliinsaturados. 2016. Disponível em: <https://revista-fi.com.br/upload_arquivos/201611/2016110700002001479901769.pdf>. Acesso em 03 fev 2021

Vídeos relacionados

  • Como fazer a melhor PIZZA CASEIRA | Fácil e saudável

    14:54 | 37440 visualizações
  • Como fazer a DIETA LOW CARB do jeito certo para emagrecer

    14:19 | 597085 visualizações
  • DIETA LOW CARB: VALE A PENA?

    04:23 | 336564 visualizações