Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Alimentação para o vestibular

A alimentação para o vestibular tem como objetivo ajudar o candidato a ter mais energia mental e concentração na hora de estudar, entretanto, também deve ajudar o vestibulando a relaxar e descansar bem quando for necessário, para que o cérebro se mantenha receptivo à mais informações.

Alimentação para o dia do vestibular

A ​alimentação para o dia do vestibular tem que começar com um bom café da manhã. Um bom exemplo do que comer no dia da prova pode ser uma taça de leite de soja, de amêndoa ou de arroz com granola, ou cereais com frutas e iogurte. O estudante que fica mais nervoso pode optar por algo mais simples, como uma vitamina com frutas secas.

Durante a prova, o estudante poderá comer uma barrinha de cereal, chocolate amargo ou frutas secas. É também importante ter sempre líquidos disponíveis para se manter hidratado. O chá verde, por exemplo, é uma boa opção, porque além de hidratar também ajuda o vestibulando a ter mais atenção. Porém, durante a prova, é importante evitar o consumo excessivo de café, chá mate e guaraná natural ou outras bebidas com cafeína, pois a cafeína ajuda a estar mais alerta, mas em excesso pode causar agitação, dor de cabeça e aumentar a ansiedade.

Assista este vídeo e saiba o que deve comer para passar no vestibular:

Alimentação antes do vestibular

Na alimentação antes do vestibular é importante adaptar a dieta para um melhor desempenho na prova. Algumas sugestões de alimentos aconselhados para comer durante a preparação para o vestibular são:

  • Fazer refeições leves de 3 em 3 horas, com gelatina, chocolate ou iogurte, por exemplo. O cérebro recebe energia além de fazer uma pausa que ajuda a manter a concentração em períodos de longos estudos;
  • Comer frutas e legumes que são ricos em vitaminas e minerais, que ajudam a regular todas as funções do organismo e têm antioxidantes, que protegem as células do cérebro;
  • Preferir alimentos como peixe, frutas secas e sementes, pois são ricos em ômega 3 que é importante para proteger as células cerebrais, melhorando o desempenho do cérebro;
  • Sementes de abóbora, amêndoas ou avelãs que têm magnésio, que previne a falta de memória, assim como melhora o desempenho e a vitalidade do cérebro.
  • Café e bebidas com cafeína como o guaraná, pois têm cafeína que estimula o sistema nervoso central mantendo o individuo mais alerta. Entretanto, é importante beber, no máximo, 4 xícaras pequenas de café por dia.

Existem outras substâncias que também são boas para estimular o cérebro, porém são mais fáceis de se ingerir através de suplementos, como o ​ginko biloba, que melhora o fluxo sanguíneo no cérebro melhorando a concentração, memorização e retenção dos conteúdos estudados. O suplemento pode ser tomado sob orientação médica durante o período de preparação para a prova.

Pra fazer seu cérebro ficar muito mais inteligente, você precisa ler:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...