Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Alimentação para fibrose cística

A alimentação para fibrose cística deve ser rica em calorias, proteínas e gorduras, para garantir um bom crescimento e desenvolvimento da criança. Além disso, também é comum o uso de suplementos de enzimas digestivas, que facilitam a digestão e poupam o pâncreas.

A fibrose cística é uma doença genética que é detectada pelo teste do pezinho, tendo como principal característica a produção de um muco mais espesso pelas glândulas do corpo, que pode obstruir regiões como pulmões e pâncreas, causando problemas respiratórios e digestivos.

Alimentação para fibrose cística

O que comer

A dieta para fibrose cística deve ser rica em calorias, proteínas e carboidratos, para favorecer o ganho de peso. Além disso, também deve conter boas quantidades de nutrientes anti-inflamatórios, como mostrado a seguir:

Proteínas: carnes, frango, peixes, ovos e queijos. Esses alimentos devem ser incluídos em pelo menos 4 refeições por dia;

  • Carboidratos: pão integral, arroz, macarrão, aveia, batata inglesa, batata doce, tapioca e cuscuz são exemplos de massas que podem ser usadas;
  • Carnes: preferir carnes brancas e com pouca gordura, para facilitar a digestão;
  • Gorduras: óleo de coco, azeite, manteiga;
  • Oleaginosas: castanhas, amendoim, nozes e amêndoas. Esses alimentos são fontes de gorduras boas e nutrientes como zinco, magnésio e vitaminas do complexo B, que melhoram a imunidade;
  • Frutas e verduras em geral, pois são ricas em nutrientes como vitamina C, vitamina E, isoflavonas e outros fitoquímicos anti-inflamatórios, que ajudam no funcionamento do pâncreas e do pulmão;
  • Ômega-3, que é uma gordura anti-inflamatória, pode ser encontrado em alimentos como sardinha, salmão, atum, castanhas, chia, linhaça e azeite.

Crianças e adultos com fibrose cística devem fazer acompanhamento com o nutricionista para ter um acompanhamento do crescimento e do peso corporal, ajustando a dieta de acordo com os resultados alcançados.

O que evitar

Alimentação para fibrose cística

Os alimentos que devem ser evitados na fibrose cística são aqueles que irritam o intestino e aumentam a inflamação no corpo, como:

  • Carnes processadas, como salsicha, linguiça, presunto, mortadela, salame, peito de peru;
  • Farinha branca: biscoitos, bolos, salgados, pães brancos, macarrão;
  • Açúcar e doces em geral;
  • Frituras e óleos vegetais, como óleo de soja, de milho e de canola;
  • Comida pronta congelada, como lasanhas, pizzas, escondidinhos;
  • Bebidas açucaradas: refrigerantes, sucos industrializados, shakes;
  • Bebidas alcoólicas.

O aumento da inflamação no organismo e no intestino prejudica o sistema imunológico e favorece infecções respiratórias, que é um dos problemas mais comuns na fibrose cística.

Suplementos que podem ser usados

Alimentação para fibrose cística

Como a má digestão e má absorção de nutrientes é comum na fibrose cística, devido ao mau funcionamento do pâncreas, muitas vezes pode ser necessário o uso de suplementos com enzimas digestivas, conhecidas como lipases, que devem ser ajustadas de acordo com a idade e o volume da refeição consumida. As enzimas vão ajudar na digestão dos alimentos e permitir uma melhor absorção, trazendo mais calorias e nutrientes para o organismo.

No entanto, o uso de enzimas digestivas não garante a total absorção dos alimentos, podendo ser também necessário o uso de suplementos ricos em carboidratos ou proteínas em pó, que podem ser adicionados em sucos, vitaminas, mingaus e receitas caseiras de bolos e tortas. Para reduzir a inflamação, o uso de ômega-3 em cápsulas também pode ser bastante útil.

Além disso, também pode ser necessário o uso de suplementos das vitaminas lipossolúveis, que são as vitaminas A, E, D e K, que devem ser tomadas de acordo com a orientação do médico ou do nutricionista.

Quantidade recomendada de enzimas

A quantidade recomendada de enzimas varia de acordo com a idade e o peso do paciente e o tamanho da refeição a ser consumida. De acordo com a Portaria SAS/MS nº 224, de 2010, recomenda-se de 500 a 1.000U de lipase/kg por refeição principal, podendo-se aumentar a dose se o paciente continuar com sinais de gordura nas fezes. Por outro lado, doses menores de 500U devem ser administradas nos lanches, que são refeições menores.

A dose máxima diária não deve ultrapassar 2.500 U/kg/refeição ou 10.000 U/kg/dia de lipase, e a sua ingestão deve ser feita logo antes do início da refeição. Além disso, é importante lembrar que alguns alimentos não precisam do uso de enzimas quando consumidos isoladamente, como é o caso do mel, das geleias, das frutas, dos sucos de frutas e dos vegetais, exceto abacate, coco, batata, feijão e ervilha. Veja como reconhecer alterações no cocô.

Cardápio para Fibrose Cística

A tabela a seguir traz um exemplo de um cardápio de 3 dias para ajudar no tratamento da fibrose cística:

RefeiçãoDia 1Dia 2Dia 3
Café da manhã1 copo de leite integral com 1 col de sopa rasa de cacau + 2 fatias de pão integral com 1 fatias de queijo1 copo de vitamina de abacate com mel + 2 fatias de pão torrado com manteiga1 iogurte natural com mel e granola + 1 tapioca com 2 ovos fritos
Lanche da manhãmix de damascos e ameixas secas + 10 castanhas de caju1 banana amassada com 1 col de aveia + 1 col de sopa de pasta de amendoim1 maçã + 3 quadradinhos de chocolate amargo
Almoço/Jantarmacarrão ao alho e óleo + 3 almôndegas no molho de tomate + salada crua com azeite5 col de sopa de arroz + 3 col de feijão + estrogonofe de carne + salada refogada no azeitepurê de batata + salada cozido no vapor + frango ao molho de queijo
Lanche da tarde1 copo de café com leite + 1 tapioca com coco1 iogurte natural batido com banana e mel + 10 castanhas de caju1 copo de suco + sanduíche de ovo e queijo

Na fibrose cística, o acompanhamento médico e nutricional é essencial para acompanhar o crescimento da criança e para prescrever de forma adequada a quantidade e os tipos de suplementos e remédios. Veja como é feito o tratamento completo aqui.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...