Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Alimentação após transplante de rins

Na alimentação após transplante renal é importante evitar alimentos crus, como legumes, carne mal cozida ou gemada, por exemplo, e alimentos ricos em sal e açúcar para evitar a rejeição do rim transplantado.

Desta forma, a dieta deve ser orientada por um nutricionista e normalmente, deve ser mantida de forma rigorosa até os valores de exame de sangue estarem estáveis.

Após o transplante renal, o paciente precisa de tomar remédios esteroides, como prednisolona, azatioprina e ciclosporina, por exemplo, para prevenir a rejeição do novo rim saudável. Esses remédios provocam efeitos colaterais como aumento do açúcar e do colesterol no sangue, aumento do apetite e aumento da pressão, além de poder levar à perda de massa muscular, sendo fundamental fazer uma dieta adequada para prevenir estas complicações. Leia mais em: Transplante de rins.

Alimentação após transplante de rins

Dieta para transplante renal

O paciente que fez transplante de rins deve fazer uma dieta equilibrada que ajude a controlar o peso, pois o seu controle, ajudará o paciente a não desenvolver complicações como doenças cardiovasculares, diabetes e hipertensão.

O que comer após transplante renal

Depois do transplante renal, deve-se manter alguns cuidados para diminuir o risco de desenvolver infeção ou mesmo rejeitar o rim, devendo-se comer:

  • Alimentos ricos em fibra, como cereais e sementes, todos os dias;
  • Aumentar a quantidade de alimentos com cálcio e fósforo como leite, amêndoa e salmão, em alguns casos tomar um suplemento indicado pelo nutricionista, para manter os ossos e dentes firmes e fortes;
  • Fazer uma dieta pobre em açucares, como doces pois levam ao aumento rápido do açúcar no sangue, devendo optar por carboidratos, encontrados no arroz, milho, pão, massas e batata. Veja mais em: Alimentos ricos em açúcar

O paciente deve procurar manter uma dieta equilibrada e variada para manter um bom funcionamento do organismo. 

O que evitar após transplante renal

Para manter um bom funcionamento do rim transplantado deve-se evitar:

  • Alimentos com gordura que levam ao aumento do colesterol e podem provocam o entupimento das artérias podendo provocar ataque de coração ou derrame no cérebro;
  • Bebidas alcoólicas, pois prejudicam o funcionamento do fígado;
  • Não consumir sódio, que é encontrado no sal de cozinha e alimentos enlatados e congelados, ajudando a controlar a retenção de liquido, inchaço e pressão alta. Conheça dicas para diminuir o seu consumo em: Como diminuir o consumo de sal.
  • Limitar a quantidade de potássio, encontrado na banana e laranja, pois a medicação aumenta o potássio. Veja alimentos ricos em potássio em: Alimentos ricos em potássio.
  • Não ingerir legumes crus, optando por cozer, lavando sempre com 20 gotas de hipoclorito de sódio em dois litros de água, deixando repousar por 10 minuto;
  • Não comer marisco, gemada e embutidos;
  • Guardar os alimentos na geladeira apenas por um período de 24 horas, evitando comer comida congelada;
  • Lavar muito bem a fruta e optar por fruta cozida e assada;
  • Não restringir a quantidade de líquidos, como água e sucos, caso não haja contra-indicação.

Alguns pacientes não fizeram transplante do rim, porém, fazem hemodiálise, devendo manter os cuidados de higiene, porém devem seguir uma dieta com quantidade de líquidos restrito, controlo de proteínas e de sal. Veja mais em: Alimentação para hemodiálise

Mais sobre este assunto:
Carregando
...