Conheça os benefícios da música para Bebês e Crianças

Revisão médica: Drª. Beatriz Beltrame
Pediatra
dezembro 2021

Ouvir música contribui para o desenvolvimento dos bebês e das crianças porque a harmonia dos sons estimula a audição e a fala e também o seu desenvolvimento intelectual, sensorial e motor. Além disso os benefícios do estímulo musical para o desenvolvimento infantil incluem:

  • Maior facilidade para falar as palavras corretamente;
  • Maior destreza no aprendizado das sílabas e do alfabeto;
  • Facilita o aprendizado da matemática e de línguas estrangeiras;
  • Melhora o desenvolvimento afetivo e a coordenação motora.

Os bebês começam a ouvir ainda dentro da barriga de suas mães e quanto mais música ele ouvir, melhor será o seu desenvolvimento intelectual.

A importância da estimulação musical

Quanto mais cedo a música for introduzida no ambiente da criança, maior será o seu potencial para aprender porque as crianças que vivem rodeadas de palavras adquirem mais fácil e rapidamente um discurso fluente e claro.

Os pais podem deixar músicas infantis para o bebê ouvir enquanto ele brinca e assistir vídeo clips com cantores infantis também é uma boa estratégia para estimular o desenvolvimento infantil. Além disso, a música dentro da creche e do jardim de infância já ajuda a criança a se desenvolver melhor. No entanto, as músicas mais adequadas são as infantis que falam dos animais, da natureza e da amizade que ensinam a fazer o bem e que são fáceis de rimar.

Quando a criança pode começar a tocar instrumentos musicais

Na pré escola e no primeiro ciclo já é possível que a criança tenha aulas de música, que são denominadas educação musical e embora as crianças possam mostrar interesse por aprender um instrumento musical como bateria ou percussão ainda antes dos 2 anos de idade, é a partir dos 6 anos que elas podem começar a ter aulas com instrumentos que devem ser próprios para sua idade, para que consigam reproduzir as atividades que o professor indicar.

Os instrumentos que necessitam de menos destreza motora e que por isso são mais fáceis da criança aprender a tocar são a bateria e os instrumentos de percussão. Conforme a criança vai crescendo e tendo melhor controle motor e motricidade fina, mais fácil será aprender a tocar piano e instrumentos de sopro.

Antes dessa fase as aulas mais indicadas são as de iniciação musical onde ela aprenderá a reproduzir sons e aprender pequenas músicas infantis que contribuem para o seu crescimento e desenvolvimento musical.

Nas pessoas que tocam instrumentos musicais todo o cérebro é igualmente estimulado, principalmente quando é preciso seguir uma partitura ou as cifras de uma música porque para ler tanto a pauta como a partitura é preciso utilizar a visão, que irá estimular os movimentos cérebro para realizar os movimentos necessários para tocar o instrumento, havendo inúmeras conexões cerebrais por segundo.

No entanto não é toda a criança que tem desejo e facilidade para dominar um instrumento e por isso os pais não devem forçar a criança a estudar música se ele não demonstrar nenhum interesse por isso. Algumas crianças gostam apenas de ouvir canções e de dançar e isto é normal e não significa que ela irá se desenvolver menos do que as crianças que se interessam por instrumentos musicais.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em dezembro de 2021. Revisão médica por Drª. Beatriz Beltrame - Pediatra, em fevereiro de 2016.
Revisão médica:
Drª. Beatriz Beltrame
Pediatra
Formada pela Faculdade Evangélica de Medicina do Paraná, em 1993 com registro profissional no CRM PR - 14218.