Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

7 dicas simples para evitar a gengivite

A gengivite é a inflamação da gengiva que tem como principais sintomas o inchaço e a vermelhidão das gengivas, assim como o sangramento e dor ao mastigar ou escovar os dentes, por exemplo.

Este problema é causado, na maior parte dos casos, pela má higiene bucal mas também pode ser causado por alterações hormonais, como as que ocorrem na gravidez.

7 dicas simples para evitar a gengivite

Para evitar a gengivite ou que ela se agrave e cause, até, a perda dos dentes, existem 7 dicas essenciais:

1. Escovar os dentes corretamente

Está é provavelmente a dica mais importante, pois é a forma mais eficaz de evitar o acúmulo de bactérias que provocam lesões nas gengivas. Algumas vezes, é possível ter gengivite mesmo fazendo a escovagem diária dos dentes e isso significa que a escovagem não está sendo feita de forma correta. Veja como é a técnica correta para escovar os dentes.

Normalmente, é recomendado fazer a higiene bucal 2 a 3 vezes por dia, especialmente ao acordar e ao deitar, mas algumas pessoas também podem preferir fazer entre as refeições.

2. Utilizar uma escova elétrica

Sempre que possível recomenda-se o uso de uma escova elétrica para fazer higiene da boca, ao invés da escova manual comum.

Isso acontece porque as escovas elétricas fazem movimentos rotativos que permitem chegar mais facilmente aos espaços mais difíceis, permitindo eliminar até 90% das bactérias, ao contrário dos 48% das escovas manuais.

3. Usar o fio dental diariamente

Utilizar o fio dentário após a escovagem é outra forma de garantir que o tártaro e os restos de comida, que estão entre os dentes, são completamente eliminados, evitando o acúmulo de bactérias que levam ao surgimento da gengivite.

Embora o uso do fio dental seja trabalho minucioso e que pode demorar algum tempo, não precisa ser feito de cada vez que se escova os dentes, sendo recomendado passar o fio apenas uma vez por dia. Assim, uma boa dica é escolher o momento do dia em que se tem mais tempo disponível, como antes de dormir, por exemplo.

7 dicas simples para evitar a gengivite

4. Ter uma escova ou pasta de dentes na bolsa

Esta dica é muito importante para quem não teve tempo de escovar os dentes antes de sair de casa ou gosta de escovar os dentes entre as refeições, pois permite lavar os dentes em algum banheiro, como no trabalho, por exemplo.

Outra opção é manter uma escova e pasta de dentes no trabalho ou no carro, para que esteja disponível sempre que surgem um tempo para fazer a higiente bucal. No entanto, vale lembrar que mais de 3 escovagens por dia pode danificar o esmalte dos dentes.

5. Consumir alimentos com vitamina C

A vitamina C, presente em alimentos como a laranja, o morango, a acerola ou o brócolis, é um dos componentes da alimentação mais importantes para a manutenção de uma boca saudável. Esta vitamina é um potente antioxidante que ajudam a fortalecer o sistema imune, ajudando a combater as bactérias que se desenvolvem na boca.

Confira uma lista mais completa de alimentos com vitamina C.

6. Abandonar os vícios

Alguns vícios como a ingestão regular de bebidas alcoólicas, o uso de cigarro ou o consumo exagerado de alimentos industrializados ou açúcarados, por exemplo, são fatores que contribuem para o surgimento de doenças da boca. Dessa forma, devem ser evitados ou, pelo menos, diminuidos ao longo do dia.

7. Fazer limpeza profissional a cada 6 meses

Embora a escovagem dos dentes em casa seja uma das formas mais simples de manter a boca limpa e livre de bactérias, é uma técnica que não consegue eliminar completamente toda a placa bacteriana.

Por isso, a cada 6 meses ou, pelo menos, 1 vez por ano, é aconselhado ir no dentista e fazer uma limpeza profissional, que permite eliminar todo o tártaro e as bactérias que vão resistindo dentro da boca.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...