Entenda o que é o tumor cerebral

O tumor cerebral é caracterizado pelo crescimento anormal de células, no cérebro ou nas meninges, que pode acontecer devido a mutações genéticas ou ao desenvolvimento de metástases de câncer em outras partes do corpo.

Normalmente, os tumores cerebrais podem ser divididos em 4 grupos, de acordo com a sua velocidade de crescimento:

  • Tumor cerebral grau 1 e 2: tumor cerebral de crescimento lento que, raramente, se espalha para outras regiões do cérebro. Normalmente, são tumores cerebrais benignos, como glioma ou meningioma;
  • Tumor cerebral grau 3 e 4: geralmente, é um tumor cerebral maligno que apresenta crescimento rápido.

O tumor cerebral tem cura, principalmente quando é benigno e tem limites bem definidos, podendo ser combatido com quimioterapia, radioterapia ou retirado através de cirurgia.

Sintomas de acordo a localização do tumor cerebralSintomas de acordo a localização do tumor cerebral

Sintomas de tumor cerebral

Os principais sintomas de tumor cerebral incluem:

  1. Dor de cabeça que se torna mais severa e frequente;
  2. Náuseas e vômitos sem razão aparente;
  3. Alterações na visão, como visão embaçada ou visão dupla, por exemplo;
  4. Formigamento frequente nos braços ou pernas;
  5. Dificuldade para manter o equilíbrio;
  6. Convulsões frequentes;
  7. Dificuldade para falar ou ouvir;
  8. Alterações bruscas na personalidade.

Os sintomas de tumor cerebral são diferentes de acordo com o lobo cerebral afetado, como mostra a imagem 1, e, por isso, em alguns casos podem ser confundidos com problemas de visão, como miopia ou astigmatismo, por exemplo.

Assim, é recomendado que caso os sintomas se mantenham por mais de 1 mês, se consulte um neurologista para fazer uma ressonância magnética.

Ressonância magnética de um tumor cerebral no lobo parietalRessonância magnética de um tumor cerebral no lobo parietal

Tratamento para tumor cerebral

O tratamento para tumor cerebral deve ser feito por um neurologista e pode incluir o uso de quimioterapia, radioterapia ou cirurgia, de acordo com o tipo, tamanho e localização do tumor.

A radioterapia e a quimioterapia são utilizadas, principalmente, para tratar tumores malignos ou de grande tamanho, devendo ser utilizadas ao longo de vários meses até que o tumor cerebral diminua de tamanho ou desapareça. Normalmente, este tipo de tratamento provoca fortes efeitos colaterais, como cansaço, enjoos, vômitos, perda de cabelo ou enxaquecas, por exemplo.

Já a cirurgia é utilizada quando o tumor cerebral é pequeno e se encontra separado do tecido cerebral, podendo ser facilmente retirado sem afetar o funcionamento do cérebro. Este tipo de tratamento possui maior risco de sequelas cerebrais, como paralisia ou dificuldade para falar e, por isso, o paciente pode precisar de fazer fisioterapia.

Saiba mais sobre como identificar um tumor cerebral em: Sintomas de tumor no cérebro

Mais sobre este assunto: