Tratamento para refluxo

PUBLICIDADE

O tratamento para refluxo gastroesofágico envolve mudanças alimentares, no estilo de vida, uso de medicamentos e, em casos mais graves, cirurgia para correção do problema.

Os sintomas de refluxo, como ardor no peite ou regurgitação, normalmente desaparecem com o tratamento adequado da doença, diminuindo a dor, a ardência e o desconforto do paciente. Veja também: Sintomas de refluxo gastroesofágico.

PUBLICIDADE

Veja o que pode fazer em casa:

Remédios para refluxo

Os principais remédios utilizados no tratamento do refluxo são:

  • Antiácidos: neutralizam a acidez do estômago e evitam a sensação de queimação no esôfago. Ex: Pepsamar, Omeprazol e Sonrisal;
  • Procinéticos: aceleram o trânsito intestinal, diminuindo o tempo que o alimento fica no estômago. Ex: Plasil, metaclopramida e domperidona;
  • Protetor gástrico: formam uma camada protetora no esôfago, impedindo a agressão causada pelo ácido do estômago. Ex: Sucralfato e Omeprazol.

Esses medicamentos provocam dependência, devendo ser tomados apenas segundo orientação médica.

Remédio procinéticoRemédio procinético
AntiácidoAntiácido

Remédios caseiros para refluxo

Alguns remédios caseiros que podem ser utilizados para tratar o refluxo são:

  • Água com limão;
  • Chá de gengibre;
  • Chá de camomila;
  • Vinagre de maçã;
  • Suco de babosa.

Esses remédios naturais melhoram a digestão e diminuem a acidez do estômago, sendo importantes aliados no combate ao refluxo. Veja como usar esses alimentos em: Remédio caseiro para refluxo gastroesofágico.

Remédios caseiros para refluxoRemédios caseiros para refluxo

Cuidados com a alimentação

Os cuidados com a alimentação para prevenir os sintomas de refluxo são:

  • Comer em menores quantidades a cada 2 ou 3 horas;
  • Aumentar o consumo de frutas e legumes;
  • Aumentar o consumo de produtos integrais, ricos em fibras;
  • Preferir carnes magras, peixes e leite e derivados desnatados;
  • Evitar beber líquidos durante as refeições;
  • Evitar comer de 2 a 3 horas antes de se deitar;
  • Evitar deitar ou fazer exercícios logo após as refeições;
  • Evitar o consumo de carnes gordurosas, salsicha, bacon e linguiça;
  • Evitar café, refrigerantes e bebidas alcoólicas;
  • Evitar chocolate, pimenta e comidas muito temperadas.

Outra dica que funciona é elevar a cabeceira da cama em pelo menos 10 cm, colocando um pedaço de madeira embaixo das pernas da cabeceira da cama. Isso ajuda a impedir que o líquido do estômago volte para o esôfago, causando o refluxo.

É importante lembrar que o excesso de peso também está ligado ao aumento dos sintomas de refluxo, sendo necessário fazer uma dieta de emagrecimento para atingir o peso adequado e controlar a doença.

Preferir carne brancas, peixes e leite desnatadoPreferir carne brancas, peixes e leite desnatado
Consumir frutas, legumes e cereais integraisConsumir frutas, legumes e cereais integrais

Refluxo infantil

O refluxo infantil tem cura e alguns cuidados devem ser tomados para tratar a doença:

  • Colocar o bebê na vertical após a mamada;
  • Deitar o bebê de barriga para cima com a cabeceira do berço levantada;
  • Evitar balançar o bebê após a mamada;
  • Evitar vestir o bebê com roupas apertadas.

Além desses cuidados, o médico pediatra pode também indicar remédios para aumentar o trânsito intestinal do bebê, como Motilium.

Caso o tratamento com dieta e remédios não controle a doença, pode ser necessário fazer uma cirurgia para curar o refluxo.

PUBLICIDADE