Tratamento para Obesidade

publicidade

O tratamento para obesidade pode ser feito com uma dieta para emagrecer, prática regular de exercícios físicos e com a toma de remédios para obesidade como a Sibutramina, mas em alguns casos uma cirurgia de redução do estômago ou a colocação de um balão intragástrico pode ser indicada. 

Tratamento cirúrgico para obesidade

O tratamento cirúrgico para obesidade deve sempre ser a última opção terapêutica, pois este procedimento possui riscos. Algumas opções de cirurgia para obesidade são:

  • Redução de estômago: O médico retira parte do estômago, diminuindo a quantidade de alimento que ele poderá ingerir, o que faz com que o indivíduo emagreça com menos esforço;
  • Balão intragástrico: Feito de silicone e preenchido com soro fisiológico, o balão fica no estômago do paciente de 6 a 8 meses conferindo uma sensação de saciedade, assim o indivíduo come menos e pode perder de 20 a 25 kg durante estes meses. Sua colocação e retirada podem ser feitas sob sedação na clínica ou no hospital;
  • Bypass gástrico: Consiste em fazer uma ligação direta entre a parte superior do estômago e o intestino delgado. Desta forma parte dos alimentos não começam a ser digeridos no estômago, mas sim no intestino delgado, e o indivíduo fica saciado mais rapidamente.

Tratamento medicamentoso para obesidade

O tratamento medicamentoso para obesidade deve ser orientado pelo médico endocrinologista após avaliar o estado de saúde do indivíduo. Alguns exemplos de remédios para obesidade são:

  • Xanax;
  • Xenical;
  • Biomag;
  • Desobesi.

Estes remédios ajudam a tirar a fome e ajudam a combater a gordura acumulada alcançando ótimos resultados, contudo, só devem ser utilizados sob orientação médica pois eles possuem contraindicações e efeitos colaterais como dor de cabeça, insônia, boca seca e ansiedade generalizada.

Tratamento nutricional para obesidade

O tratamento nutricional contra a obesidade é de extrema importância, pois sem a orientação do médico ou do nutricionista, o indivíduo poderá consumir alimentos desaconselhados e isto comprometer a sua perda de peso ou fazer com que ele volte a engordar após um curto período de tempo. O ideal é que o indivíduo seja observado pelo nutricionista semanalmente para que ele possa adequar a dieta e aconselhar o indivíduo da melhor forma corrigindo vícios e maus hábitos alimentares. 

A dieta para obesidade deve ser individualizada, mas é importante que o indivíduo saiba o que deve e o que não deve comer.

Tratamento gratuito para obesidade

Durante o ano de 2013 o tratamento gratuito para obesidade é oferecido pela Universidade Guarulhos (UnG) em São Paulo, e tem o objetivo de reeducar os hábitos alimentares de crianças e adultos obesos através do método “Pense Magro”, com base na reeducação alimentar e prática de exercícios. Incrições pelo telefone: (11) 2464-1700.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 25/07/2014 Última atualização da página: 26/10/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.