Tratamento para diverticulose

publicidade

O tratamento para diverticulose é direcionado para o alívio dos sintomas e para a prevenção de novos divertículos, que são pequenas bolsas que se localizam no interior intestino, e de possíveis complicações da diverticulose, que é a inflamação chamada de diverticulite.

São utilizados medicamentos anti-espasmódicos como o Butilescopolamina, Clordiazepóxido que diminuem as contrações do intestino e antiinflamatórios que previnem as inflamações, o tratamento com esses medicamentos é geralmente mantido de 7 a 10 dias.

Os médicos recomendam uma mudança nos hábitos alimentares do indivíduo, sendo o aumento gradual do consumo de fibras e a ingestão de água fatores determinantes para a cura do paciente.

Esses novos hábitos alimentares umedecem e aumentam a quantidade de fezes, fazendo com que seja necessário menos esforço durante a evacuação.

A melhora dos sintomas é visível poucos dias após o início do tratamento, porém a dieta deve ser mantida por tempo indefinido.

No caso de complicações pode ser necessário o internamento do indivíduo em uma unidade hospitalar, e a administração de líquidos pela veia.

Outra opção de tratamento para diverticulose é a cirurgia que consiste na retirada de parte do intestino, onde se encontram localizadas as pequenas bolsas que caracterizam a diverticulose. A probabilidade de haver o reaparecimento desta doença após a cirurgia é muito pequena.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade