Tratamento para câncer de pele

publicidade

O tratamento para o câncer de pele é feito dependendo da sua gravidade. As opções terapêuticas são a radioterapia, quimioterapia, cirurgia, crioterapia, curetagem e eletrodissecção.

Casos menos graves são inicialmente tratados com quimioterapia tópica, que consiste no uso de cremes e pomadas que combatem a diferenciação celular e promovem a regeneração tecidual, associado ao uso de medicamentos.

A curetagem e a crioterapia podem ser realizadas em consultório médico, quando se trata de uma pequena zona, com tumor superficial.

Casos mais graves devem ser tratados com radioterapia ou remoção cirúrgica da área lesionada. Contudo, o tratamento vai depender de alguns fatores importantes, como estágio, tipo de câncer, estado de saúde do paciente, idade e condição financeira.

A melhor estratégia, no entanto, é a prevenção primária. Isto é, evitar o câncer de pele e procurar um dermatologista ao suspeitar de algo errado com alguma manchinha, sinal ou ferida.

Referência Bibliográfica

FREITAS SCF; LUZA AC; SALES SCS; SILVA EG; PERRONY JS. Tratamento cirúrgico de neoplasia maligna de pele não melanoma - Estudo de 100 casos tratrados em Campo Grande. Acesso em Nov. 2011.

Link útil:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade