Tendinite nos tornozelos

PUBLICIDADE

A tendinite nos tornozelos é uma inflamação dos tendões que ligam os ossos e os músculos dos tornozelos, provocando o surgimento de sintomas como dor ao caminhar, rigidez ao movimentar a articulação ou inchaço no tornozelo, por exemplo.

Geralmente, a tendinite nos tornozelos é mais frequente em atletas que fazem atividade física constante, como correr ou saltar, devido ao desgaste progressivo dos tendões, no entanto, também pode surgir quando se utiliza sapatos inadequados ou quando existem alterações no pé, como pé chato.

A tendinite nos tornozelos tem cura, devendo o tratamento ser feito com uma combinação de repouso, aplicação de gelo, uso de remédios anti-inflamatórios e fisioterapia.

Como tratar a tendinite nos tornozelos

O tratamento para tendinite nos tornozelos deve ser orientado por um ortopedista mas, normalmente, é feito com:

  • Aplicação de gelo 10 a 15 minutos sobre o local afetado, repetindo 2 a 3 vezes por dia;
  • Uso de remédios anti-inflamatórios, como Ibuprofeno ou Naproxeno, de 8 em 8 horas para aliviar as dores provocadas pela tendinite;
  • Exercícios de fisioterapia para alongar e fortalecer os músculos e tendões do local afetado, reduzindo a inflamação e acelerando a recuperação;

Nos casos mais graves, em que a tendinite nos tornozelos não melhora após algumas semanas de tratamento, o médico pode recomendar o uso de cirurgia para reparar os tendões e melhorar os sintomas.

Sintomas da tendinite nos tornozelos

Os principais sintomas da tendinite nos tornozelos incluem dor na articulação, inchaço do tornozelo e dificuldade para movimentar o pé. Por isso, é comum que os pacientes com tendinite.

Normalmente, o diagnóstico da tendinite é feito pelo ortopedista apenas através dos sintomas referidos pelo paciente, mas, em alguns casos pode ser necessário fazer raio X para identificar a causa da dor no pé, por exemplo.

Veja uma ótima forma de acelerar o tratamento da tendinite em: Exercícios de propriocepção do tornozelo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE