Sintomas E. coli

publicidade

Os sintomas da bactéria E. Coli no sistema gastrointestinal incluem:

  • Dor de estômago;
  • Dor abdominal;
  • Vômito;
  • Falta de apetite;
  • Gases e
  • Diarreia (algumas vezes com a presença de sangue).

Sintomas de E. Coli na urina

Caso a bactéria E. Coli esteja na urina os sintomas incluem:

  • Dor/ ardor ao urinar;
  • Muita vontade de urinar com pouca quantidade de urina;
  • Urina turva;
  • Forte odor desagradável na urina.

Se as bactérias afetarem os rins, há ainda febre acima de 38ºC, dor no fundo das costas e vômito.

Causas da E. Coli

A E. coli é uma bactéria que habita naturalmente os intestinos de humanos e de alguns animais, mas existem diversos tipos desta bactéria espalhadas pelo mundo, e se o indivíduo consumir água ou alimentos contaminados com outro tipo de E. coli, ele apresentará os sintomas acima citados e necessitará de tratamento especializado.

No caso das mulheres, a presença de E. coli na urina, deve-se muitas vezes à migração destas bactérias do ânus para a uretra devido a sua proximidade anatômica, mas uma boa forma de prevenir esta situação, é beber bastante água todos os dias, e as mulheres que sofrem de episódios de infecção urinária recorrente, podem tomar o suco de arando ou tomar o suplemento de arando diariamente pois esta fruta dificulta a aderência desta bactéria na uretra.

Tratamento para E. coli

O tratamento para E. coli vai depender do desconforto que ela provoca e qual sistema influencia. No caso de infecção intestinal por E. coli o tratamento pode ser feito somente com:

  • Repouso;
  • Aumento do consumo de água, chás ou sucos;
  • Alimentação leve, onde dá-se preferência ao consumo de frutas, legumes e verduras;
  • Para aliviar a dor e o desconforto pode-se tomar Paracetamol.

Caso o indivíduo apresente diarreia com sangue ou outras complicações, o médico poderá receitar a toma de antibióticos. A doença dura em média de 5 a 10 dias, e para controlar a diarreia, a partir do 4º dia, o indivíduo poderá consumir alimentos que prendem o intestino como biscoito cream craker e banana, por exemplo. Mas isto não deve ser feito logo no início para garantir que a bactéria nociva seja eliminada através das fezes.

Para evitar uma recontaminação deve-se só ingerir água potável, filtrada ou mineral, lavar muito bem todos os alimentos que são consumidos crus e lavar as mãos antes e depois de ir ao banheiro.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 27/08/2014 Última atualização da página: 15/04/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.