Sintomas de Meningite

publicidade

O sinais e sintomas de meningite em adultos inicialmente são a febre alta acima de 39ºC e a dor de cabeça muito forte, e após alguns instantes o indivíduo pode apresentar:

  • Vômito;
  • Dor e dificuldade para mover o pescoço;
  • Dificuldade para encostar o queixo no peito;
  • Sensibilidade à luz e aos ruídos e
  • Pode haver manchas cor de vinho na pele.

O sintomas iniciais da meningite viral costumam ser semelhantes aos de uma gripe comum onde o indivíduo apresenta mal estar, febre e dor de cabeça, e no caso da meningite bacteriana os sintomas surgem de forma abrupta, sendo esta a forma mais grave da doença. 

Sintomas de meningite no bebê

Os sintomas de meningite no bebê podem ser:

  • Febre alta acima de 39ºC;
  • Irritabilidade e choro fácil;
  • Sonolência ou Inquietude;
  • Contrações musculares generalizadas que afetam braços e pernas;
  • Falta de apetite;
  • Dificuldade em movimentar o pescoço, em crianças com mais de 1 mês de vida.

Se o bebê tiver menos de 1 ano de idade e a sua moleira ainda estiver "aberta", esta pode apresentar-se inchada ou parecer que o bebê possui um "galo" no topo da cabeça.

Os sintomas de meningite em crianças são os mesmos mas pode haver vômito em jato, nas crianças com mais de 5 anos de idade.

A meningite bacteriana é uma das doenças mais graves em bebês e crianças podendo provocar convulsões e até paralisia.

Tratamento para meningite

O tratamento da meningite varia conforme o agente causador. O tratamento antibiótico só é recomendado se os médicos chegarem a conclusão de que se trata de uma meningite bacteriana, caso contrário, o tratamento será voltado somente para aliviar os sintomas, pois o próprio organismo do indivíduo se encarregará de eliminar o vírus.

No caso da meningite bacteriana, o indivíduo deverá permanecer internado no hospital, onde receberá os antibióticos por via intravenosa e soro. Dependendo do seu estado de saúde, pode ser necessário que ele respire com a ajuda de aparelhos e faça algumas transfusões sanguíneas. Apesar da meningite bacteriana ser uma doença grave, ela tem cura.

A transmissão da meningite dá-se através do contato direto com a saliva ou outras secreções respiratórias do indivíduo contaminado. Basta um beijo, usar o mesmo copo, talher, prato ou estar no mesmo ambiente onde o indivíduo contaminado tosse para ser contaminado pelo agente causador da meningite.

As sequelas da meningite podem ocorrer quando a doença é diagnostica ou tratada tardiamente, podendo ser: 

  • Comprometimento motor;
  • Gangrena devido ao agravamento das lesões cutâneas;
  • Convulsões;
  • Fraqueza muscular;
  • Surdez;
  • Perda da visão.

Dependendo do estado de saúde do indivíduo, ele poderá entrar em coma e morrer em poucos dias se o tratamento for realizado de forma incorreta ou se for iniciado tardiamente.

Para prevenir a meningite deve-se vacinar todas as crianças. A vacina da meningite é obrigatória e faz parte do calendário básico de vacinação da criança. Entretanto, não existe vacinação para todos os diferentes causadores da meningite e, quando há uma epidemia, o que se pode fazer é evitar o contato com o indivíduo contaminado.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 21/10/2014 Última atualização da página: 22/10/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.