Sintomas de Meningite na Criança e no Bebê

PUBLICIDADE

Em crianças e bebês, a meningite tem sintomas semelhantes aos que ocorrem nos adultos, sendo sinais importantes principalmente a febre alta, os vômitos e a dor de cabeça forte.

Esses sintomas surgem de forma repentina e muitas vezes são confundidos com sintomas de gripe ou infecções intestinais, mas é preciso levar logo o bebê ou a criança ao médico para avaliar qual a causa do problema, pois a meningite pode deixar sequelas como perda da audição, perda visão e problemas mentais. Veja todas as sequelas aqui.

PUBLICIDADE

Sintomas de Meningite na Criança e no Bebê

Assim, em crianças acimas de 2 anos, os sintomas costumam ser:

  • Febre alta e repentina;
  • Dor de cabeça forte e sem controle com medicação convencional;
  • Náuseas e vômitos;
  • Dor e dificuldade para movimentar o pescoço;
  • Dificuldade de concentração;
  • Confusão mental;
  • Sensibilidade à luz e aos ruídos;
  • Sonolência e cansaço;
  • Falta de apetite e de sede.

Além disso, quando a meningite é do tipo meningocócica, também podem surgir manchas vermelhas ou rochas na pele de tamanhos variados. Esse é tipo mais grave da doença, veja mais detalhes sobre ele aqui.

Sintomas no bebê

Em bebês menores de 2 anos de idade, além da febre alta, também é preciso estar atento a sinais como choro constante, irritabilidade, sonolência, falta de ânimo, falta de apetite e rigidez no corpo e no pescoço.

Nos casos de bebês com menos de 1 ano de idade e com a moleira ainda mole, o topo da cabeça pode ficar inchado, fazendo parecer que o bebê possui um galo devido a alguma pancada.
A meningite bacteriana é uma das doenças mais graves em bebês e crianças, podendo provocar convulsões e até paralisia, e pode ser transmitida para bebê no momento do parto. Veja como evitar aqui.

Quando ir ao médico

Logo que surgirem os sintomas de febre, enjoos, vômitos e dor de cabeça muito forte deve-se logo procurar o médico para fazer exames e verificar a causa do problema.

É comum a criança precisar ficar internada para receber medicação durante o tratamento e, em alguns casos, os pais também precisam tomar remédios para prevenir a contaminação com a doença. Veja como é feito o tratamento para cada tipo da doença.

PUBLICIDADE