Sintomas de infecção no útero

PUBLICIDADE

A infecção no útero é uma doença no sistema reprodutor da mulher provocada pela presença de microrganismos, como vírus ou bactérias, que atinge o colo do útero ou a parte mais interna do útero.

Normalmente atinge mulheres sexualmente ativas e, que e pode provocar sintomas, como:

  • Corrimento constante, com mau cheiro, de cor branca, amarelada, marrom ou cinza;
  • Sangramento vaginal fora do período menstrual;
  • Dor durante a relação sexual ou logo depois;
  • Dor na barriga, com sensação de pressão;

No entanto, nem todas as mulheres com infecção no útero apresentam todos os sintomas e, além disso, existe a possibilidade de se estar com uma infecção no útero e não apresentar nenhum sintoma, como pode acontecer na cervicite, que é a inflamação no colo do útero. Leia mais em: Sinais de alterações no útero.

Geralmente, a inflamação no útero não é grave, porém, pode propagar-se para outras regiões, como ovários e trompas, podendo levar ao desenvolvimento de doença inflamatória pélvica.

Causas da infecção no útero

A infecção no útero pode ser causada por diversos motivos, como:

  • Doenças sexualmente transmissíveis, como HIV;
  • Infecção pelo vírus HPV;
  • Contacto íntimo com múltiplos parceiros sexuais;
  • Não usar camisinha em todas as relações sexuais;
  • Falta de higiene íntima;
  • Uso de produtos químicos ou sintéticos, como látex;
  • Lesões na vagina causadas pelo parto;
  • Duchas vaginais frequentes;
  • Infecções frequentes da vagina;
  • Utilização de roupas justas.

Além disso, pessoas com sistema imune mais fraco, como pacientes com diabetes ou HIV, têm maior chance de desenvolver infeções.

Tratamento para infecção no útero

O tratamento para infeção do útero deve ser orientado pelo ginecologista e, normalmente é feito com antibióticos, antivirais ou mesmo anti-inflamatórios, como Gynopac, Gynotran ou Gyno-iruxol, por exemplo.

O tratamento deve ser feito pela paciente e pelo seu parceiro e, pode ser feito através da toma de comprimidos ou da aplicação de creme ou óvulo diretamente na vagina.

Além disso, em alguns casos, pode ser necessário fazer cauterização, além de ser fundamental usar preservativo em todas as relações, para evitar a recontaminação. Leia mais sobre o tratamento em: Tratamento para inflamação no útero.

Leia também:

PUBLICIDADE