Sintomas causados pela Malária

Os sintomas da malária podem surgir semanas ou meses após a picada do mosquito do tipo Anopheles fêmea, que no Brasil é mais comum na região Amazônica, embora possa ocorrer em qualquer um dos outros estados.

Os sintomas da malária seguem sempre um padrão semelhante e, por isso, é comum o surgimento de um período de forte dor de cabeça, mal-estar, calafrios com tremores e febre que duram de 1 até 8 horas, mas que podem aliviar, voltando a surgir alguns dias mais tarde.

Sintomas causados pela Malária

Primeiros sintomas da malária

Os primeiros sintomas da malária que sugem de repente são intensa dor de cabeça, febre e calafrios e em poucas horas surgem:

  • Dores por todo corpo;
  • Fraqueza;
  • Mal estar geral;
  • Náuseas;
  • Vômitos,
  • Tremores fortes que podem durar de 15 minutos a 1 hora.

Estes sintomas manifestam-se em forma de surtos, assim, a pessoa começa a sentir mal e tende a ficar quieta tendo que descansar e em poucas horas, há uma sensação de alívio dos sintomas até que eles retornam de forma repentina após 2 a 3 dias. Os padrões da doença variam de acordo com o tipo de malária, se ela é malária maligna ou não, e as complicações podem ser fatais.

Sinais e sintomas de malária grave

Além dos sintomas acima citados, os sintomas de malária cerebral, que um tipo grave e complicado de malária, incluem:

  • Rididez na nuca;
  • Desorientação;
  • Sonolência;
  • Convulsões;
  • Vômito:
  • Estado de coma.

A malária cerebral pode ser confundida com outras doenças como meningite, tétano, epilepsia e outras neurológicas.

Como saber se é malária

O diagnóstico da malária é feito pelo médico com base num exame de sangue, um teste rápido, semelhante ao da glicemia que é feito no dedo e o resultado sai em poucos minutos.

Normalmente em locais onde a malária é frequente, quando a pessoa chega ao médico, posto de saúde, hospital ou centro de saúde e apresenta febre ou calafrios o teste rápido da malária é o primeiro a ser realizado.

Se o resultado indicar que realmente é malária o médico pode pedir outros exames como o de urina para verificar se existem complicações como hemorragia, por exemplo.

Como tratar a malária

O tratamento é feito com internamento hospitalar, pois esta é uma doença grave e potencialmente fatal. Os remédios utilizados podem ser Artemeter e Lumefantrina ou Artesunato e Mefloquina. Crianças, bebês e grávidas podem ser tratadas com Quinina ou Clindamicina, sempre de acordo com as recomendações médicas.

Pessoas que vivem em locais onde essa doença é frequente podem pegar malária mais de uma vez, bebês e crianças são facilmente picados pelos mosquitos e por isso podem desenvolver essa doença várias vezes durante a vida. É importante lembrar que o tratamento deve ser iniciado o quanto antes porque podem existir complicações que podem levar a morte.

Saiba mais detalhes do tratamento desta doença em:

Mais sobre este assunto: