Riscos dos Exames com Contrastes

PUBLICIDADE

Os riscos dos exames com contraste são muito raros, no entanto, o mais comum é o surgimentos de problemas renais leves que podem desenvolver para insuficiência renal aguda caso não sejam tratados adequadamente.

No entanto, este tipo de exames com contraste é indispensável para fazer a avaliação de danos cerebrais após AVC, por exemplo, ou até para o estadiamento de aluns tipos de câncer.

Assim, antes de fazer qualquer tipo de exame com contraste, seja ressonância magnética, tomografia computadorizada ou angiografia, é aconselhado ir numa consulta de preparação para o exame na qual o médico faz uma avaliação do paciente para identificar fatores de risco que possam facilitar o surgimento de complicações adversas como:

  • Náuseas e vômitos;
  • Alterações do trânsito intestinal, com prisão de ventre ou diarreia;
  • Coceira excessiva por todo o corpo;
  • Vermelhidão na pele;
  • Dificuldade para respirar.

Geralmente, os pacientes com maior risco de desenvolver este tipo de reações adversas são pacientes com diabetes, doenças renais, problemas na tireoide, doenças cardíacas ou histórico de reações alérgicas a qualquer tipo de contraste, comida, medicamentos ou animais.

Saiba mais sobre alguns dos exames feitos com contraste em:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE