Remédios para oxiúrus

Um bom remédio contra o oxiúrus é o Pyr-pam que combate a verminose, impedindo sua reprodução, o que alivia a coceira e o desconforto logo no primeiro dia de uso. Mas este remédio só deve ser usado após a indicação médica porque nem sempre é eficaz para eliminar outros parasitas que também podem estar presentes na mesma pessoa.

Alguns remédios que o médico pode receitar para combater a infestação por oxiúrus podem ser:

  • Piperazina,
  • Pamoato de pirantel;
  • Albendazol;
  • Mebendazol;
  • Tiabendazol;
  • Pyr-pam.

Além de usar o remédio indicado, recomenda-se realizar hábitos de higiene, como lavar constantemente as mãos e lavar a roupa com água quente, assim como o uso de uma pomada anestésica no ânus após defecar para combater a coceira anal.

Quando um membro da família encontra-se infectado com o oxiúrus é importante que todos os membros da família tomem o remédio, pois também podem estar contaminados.

Remédios para oxiúrus

Por que, por vezes, parece que o remédio não faz efeito?

Por vezes, pode parecer que o remédio contra o oxiúrus não faz efeito porque os sintomas voltam a se manifestar mas isso só acontece porque:

  • O medicamento não foi tomado corretamente, até o fim do tratamento indicado pelo médico;
  • Em caso de automedicação porque nem todo remédio para vermes combate o oxiúrus;
  • Os ovos desse verme, que são invisíveis, podem ter sido ingeridos acidentalmente após o uso do medicamento, provocando nova infestação. Roupas, roupas de cama, brinquedos, superfíceis e alimentos podem ter sido contaminados, facilitando uma nova infestação;
  • Contato próximo com outras pessoas infestadas, como ocorre na creche ou na escola, por exemplo;
  • Somente a pessoa que apresentava sintomas foi tratada e o restante da família não tomou nenhum medicamento.

Para garantir que a pessoa fica curada do oxiúrus e que todo o ambiente fica livre do verme e de seus ovos é preciso seguir rigorosamente o tratamento indicado pelo médico, sendo muito importante lavar toda a roupa de todos da casa e também as roupas de cama e as toalhas na máquina de lavar com água quente e passar o ferro em alta temperatura logo a seguir.

Também é recomendado desinfetar todas as superfícies da casa usando produtos de limpeza e cloro para garantir que camas, armários, cabeceiras, brinquedos, cozinha, geladeira e o chão fiquem devidamente limpos e livres dos ovos de oxiurus.

No entanto, se a fonte da infestação não realizar o tratamento de igual forma, a pessoa poderá ficar novamente infectada, por isso é importante que todas as pessoas contaminadas sejam tratadas e também aquelas que mantém contato com ela, mesmo que não apresente sintomas.

Remédio caseiro contra Oxiúrus

O consumo do alho em sua forma natural é uma boa forma de complementar o tratamento indicado pelo médico. A pessoa pode tomar a água de alho 3 vezes ao dia, durante cerca de 20 dias. Para preparar esta água deve-se descascar 3 dentes de alho e deixar de molho na água durante toda a noite ou ferver, como se fosse fazer um chá. Esta água deve ser ingerida aos poucos durante o dia, mas pode causar algum desconforto estomacal, principalmente em pessoas que sofrem com gastrite.

Tomar 1 cápsula de alho por dia também é uma outra forma de aproveitar as propriedades antimicrobianas do alho, sendo esta uma forma mais prática para quem não aprecia o sabor da água de alho, por exemplo.

Como reconhecer o Oxiúrus

Oxiúrus ou enteróbios vermiculares, como é conhecido cientificamente é um verme fino, semelhante a um alfinete ou fio de algodão, que mede de 0,5 a 1 cm de comprimento. Ele prefere habitar a parte final do intestino, na região peri anal, provocando intensa coceira nesta região.

Quando uma pessoa encontra-se contaminada com este verme suas roupas, roupas de cama também estão contaminados e sempre que uma pessoa entrar em contato com o pequeno verme, poderá ingerir a ele ou os seus ovos, acidentalmente, ficando igualmente contaminado. Assim é que comum que quando uma pessoa esteja afetada, todas as pessoas próximas também estejam e por isso o tratamento deve ser seguido por todos até que a infestação tenha sido devidamente controlada.

Os pequenos vermes tem hábitos noturnos, por isso é neste período que a pessoa sente mais coceira no ânus. Seu diagnóstico é simples de ser feito e consiste na observação dos sintomas e em colar uma fita adesiva na região anal, observando-a logo a seguir. Os pequenos vermes poderão ser vistos colados na fita adesiva, à olho nu.

Mais sobre este assunto: