Primeiros socorros para picada de cobra

PUBLICIDADE

O mias importante depois de uma picada de cobra é manter o membro que foi picado o mais parado possível, porque quanto mais se movimentar mais o veneno irá se espalhar pelo corpo. Por isso, o ideal é que a vítima não caminhe e seja transportada por maca até ao hospital.

Até chegar ao hospital, o que se deve fazer para melhorar as chances de salvamento são:

  1. Aplicar gelo na região da ferida, para diminuir a circulação sanguínea e que o veneno se espalhe.
  2. Amarrar um pedaço de tecido alguns centímetros acima do local da picada de cobra. Não se deve amarrar muito apertado porque pode causar maiores complicações, e se já passou mais de meia hora da picada da cobra, não amarre.
PUBLICIDADE

No hospital é importante conseguir descrever as características da cobra, para que seja administrado o soro anti-ofídico correto.

Primeiros socorros para picada de cobra

O que fazer em caso de picada de cobra não venenosa

A picada da cobra não venenosa geralmente deixa duas fileiras de pontinhos na pele, que são as marcas dos dentes da cobra. Nestes casos deve-se:

  • Lavar bem o local da picada de cobra, do centro para fora;
  • Colocar uma pomada antisséptica na ferida;
  • Fazer um curativo com uma gaze apertada;
  • Levar a vítima o mais rápido possível ao médico.

Estes passos só devem ser feitos quando existe a certeza que a picada foi de uma cobra não venenosa. No caso de dúvida, deve-se seguir os dois passos indicados anteriormente.

Saiba o que fazer no caso de outras picadas comuns:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE