Prevenção da AIDS

PUBLICIDADE

A principal forma de prevenção da AIDS é usar a camisinha em todas as relações sexuais e o preservativo masculino ou feminino pode ser comprado em supermercados, farmácias e drogarias, mas também são distribuídos gratuitamente nos postos de saúde e nas campanhas de prevenção da AIDS realizadas pelo governo.

No entanto, existem outras formas importantes de prevenção contra a AIDS, como:

  • Utilizar seringas e agulhas descartáveis;
  • Usar luvas para manipular feridas ou líquidos corporais;
  • Seguir o tratamento da AIDS durante a gravidez para evitar a contaminação do bebê;
  • Não amamentar o bebê em caso de AIDS.

​​Esta infeção é transmitida através do sangue e outras secreções do corpo e, é evitando o contato que se pode evitar a contaminação.

Como colocar o preservativo masculino 

É preciso saber colocar a camisinha corretamente para realmente estar protegido e a camisinha masculina deve ser colocada no pênis ereto antes de qualquer contato íntimo, como mostram as imagens a seguir, sendo que deve primeiro verificar a data do preservativo e pressionar a ponta da camisinha para evitar a acumulação de ar e desenrolar ate à base do pênis.

Além disso, deve-se retirar a camisinha com cuidado para não encostar nas secreções para não ser contaminado e, para retirá-la deve-se segurar a ponta, onde está a secreção, rodar ligeiramente, apertando para que a secreção não saia e então puxar a camisinha, retirando-a do pênis e jogando-no lixo dando um nó para não sair liquido.

​​Será que peguei Aids?

Para saber se pegou Aids é preciso no infeciologista ou clínico geral, aproximadamente 3 meses após a relação para fazer exame de sangue e, geralmente caso a relação sexual tenha acontecido com um paciente infectado com HIV, o risco de ter a doença é maior.

Desta forma, quem teve algum comportamento de risco e suspeita que possa ter sido contaminado com o vírus HIV deve fazer o teste do HIV, de forma anônima e gratuita, em qualquer CTA - centro de testagem e aconselhamento. No entanto, o teste também pode ser feito em casa de forma segura e rápida. Veja: Teste caseiro do HIV.

É recomendado fazer o teste após 40 a 60 dias do comportamento de risco, ou quando surgirem os primeiros sintomas relacionados a AIDS, como candidíase persistente, por exemplo. Veja: Sintomas da AIDS.

Em alguns casos, como profissionais de saúde que se picaram em agulhas infectadas ou para vítimas de estupro, é possível pedir ao infeciologista para tomar uma dose profilática de remédios para o HIV, até 72 horas, que diminui o risco de desenvolver a doença.

Leia também:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE