Pós-operatório da abdominoplastia

PUBLICIDADE

O pós-operatório da abdominoplastia requer muito repouso durante os primeiros 10 dias e, a recuperação total demora cerca de 2 meses. No entanto, alguns pacientes fazem abdominoplastia e lipoaspiração do abdômen ou mamoplastia ao mesmo tempo, sendo a recuperação um pouco mais demorada e dolorosa.

Após a alta da clínica, as atividades do dia a dia podem ser retomadas aos poucos desde que não cause dor ou incômodo, no entanto é importante dormir de barriga para cima, andar com o tronco curvado e não tirar a cinta até indicação médica.

Além disso, é fundamental tomar os remédios para a dor como Paracetamol, o antibiótico e os remédios para manter o sangue fino, como Lovenox e, os pontos da cicatriz são removidos pelo cirurgião ao final de 8 dias. Saiba como a cirurgia é feita em: Abdominoplastia.

Cuidados após abdominoplastia

Depois da cirurgia plástica ao abdômen para tirar gordura e pele acumulada, é normal o paciente ficar internado na clínica cerca de 2 a 4 dias e, geralmente após a cirurgia fica com:

  • Dreno, que é um recipiente para fazer drenagem do sangue e líquidos acumulados no corpo e, normalmente é removido antes da alta;
  • Cinta modeladora, para proteger a barriga e evitar o acumulo de liquido que deve permanecer 1 semana sem tirar;
  • Meias de compressão para evitar trombos tirar apenas para tomar banho.

Além disso, o pós operatório da abdominoplastia requer cuidados especiais com a postura, alimentação, curativo e atividade física.

Como dormir

Após uma cirurgia ao abdômen é fundamental dormir de barriga para cima, recostado e com as pernas dobradas,evitando dormir de lado ou de barriga para baixo, para não pressionar o abdômen nem machucar a cicatriz.

Caso se tenha em casa uma cama articulada deve-se elevar a parte do tronco e das pernas, porém, numa cama normal pode-se colocar almofadas semi-rijas nas costas, ajudando a elevar o tronco e por baixo dos joelhos, para levantar as pernas. Deve manter esta posição pelo menos 15 dias dias ou até deixar de sentir desconforto. 

Posição para andar

Ao andar, deve-se dobrar o tronco, curvando as costas e apoiando as mãos na barriga como se a estivesse segurando, já que esta posição dá maior conforto e alivia a dor, devendo manter esta posição pelo menos 15 dias ou até deixar de sentir dor.

Além disso, ao sentar, deve-se optar por uma cadeira, evitando os bancos, encostando-se totalmente e apoiando os pés no chão.

Quando tomar banho

Depois da cirurgia plástica ao abdômen é colocada uma cinta modeladora que não deve ser nunca tirada durante cerca de 8 dias, por isso, durante esse período não se pode tomar banho no chuveiro.

No entanto, para se manter confortável pode-se lavar o corpo parcialmente com a ajuda de um familiar para não fazer esforço.

Quando tirar a cinta e as meias de compressão

A cinta não pode ser tirada durante cerca de 8 dias, nem mesmo para tomar banho ou dormir, pois é colocada para comprimir o abdômen, dar conforto, facilitar os movimentos, evitando o seroma, que é o acumulo de liquido junto à cicatriz.

Após uma semana, já se pode tirar a cinta para tomar banho ou limpeza da cicatriz, voltando a colocá-la e usando-a durante pelo menos 45 dias após o pós-operatório.

As meias de compressão só devem ser retiradas quando o paciente retoma a sua vida normal e ativa, sendo usadas para evitar a formação de trombos.

Como aliviar a dor

Após a abdominoplastia é normal sentir dor na barriga devido à cirurgia e dor nas costas, pois passa-se alguns dias deitada na mesma posição.

Para aliviar a dor do abdômen é fundamental tomar os remédios prescritos pelo médico, como Paracetamol, cumprindo as quantidades e horas indicadas. No momento de evacuar a dor pode aumentar e, por isso, para facilitar as idas ao banheiro, pode-se tomar suplementos à base de fibras, como Benefiber.

Além disso, para tratar a dor no fundo das costas, pode-se pedir a um familiar para fazer uma massagem com um creme relaxante ou colocar panos de água quente para diminuir a tensão.

Quando trocar o curativo e tirar os pontos

O curativo deve ser trocado segundo a indicação do médico, que normalmente é ao final de 4 dias e os pontos são removidos 8 dias depois pelo médico que fez a cirurgia.

No entanto, caso o curativo esteja manchado de sangue ou liquido amarelo deve ir no médico antes do dia indicado.

Quando fazer exercício físico

Para evitar trombos é preciso exercitar as pernas e os pés de 2 em 2 horas, além de massajar as pernas de manhã e à noite. No caso de conseguir andar sem dor, deve caminhar várias vezes ao dia devagar, com roupa confortável e tênis.

No entanto, o regresso à academia só deve ser feita 1 mês depois da cirurgia, devendo começar por caminhadas, bicicleta ou natação. Fazer musculação ou abdominais só deve ser feito 2 meses depois da cirurgia e quando não se sente qualquer dor ou desconforto.

Alimentação após a cirurgia ao abdômen

Depois da cirurgia plástica ao abdômen deve-se:

  • Ficar 4 horas sem comer nem beber para evitar náuseas e vômitos, já que o esforço para vomitar pode abrir a cicatriz;
  • 5 horas depois da cirurgia pode-se comer tostas ou pão e beber chá, caso não tenha vomitado;
  • 8 horas após a cirurgia pode-se comer caldo, sopa coada, beber chá e pão.

No dia seguinte à cirurgia deve manter uma alimentação leve, optando por alimentos cozidos ou grelhados e sem molhos ou condimentos.

Além disso, é fundamental beber muita água ou chá e comer frutas e legumes para evitar a prisão de ventre que aumenta a dor no abdômen.

Como não machucar a cicatriz

Para não machucar a cicatriz é necessário cumprir a posição ao dormir e ao andar, evitar esforços, optar por roupa larga e confortável.

Quando ir no médico

O paciente deve ir no médico caso:

  • Tiver dificuldade em respirar;
  • Tiver febre;
  • A dor não passar com os analgésicos indicados pelo médico;
  • Tiver o curativo totalmente manchado de sangue ou tiver a cor amarela ou molhado;
  • Tiver o dreno cheio de liquido;
  • Sentir dor na cicatriz ou cheirar mal;
  • O local da cirurgia estiver quente, inchado, avermelhado e dorido;
  • Estiver pálido, sem força e cansado.

Nestes casos é importante consultar o médico, pois pode estar a desenvolver uma infeção na cicatriz, desenvolver uma embolia pulmonar ou anemia, podendo ser necessário fazer outra intervenção. Leia mais em: Complicações da abdominoplastia.

Nos primeiros meses após a abdominoplastia pode ser necessário recorrer a outros tratamentos estéticos, como lipocavitação ou lipoaspiração para melhorar os resultados, caso tenha ficado alguma imperfeição.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE