Pílula anticoncepcional

publicidade

A pílula anticoncepcional é um remédio a base de hormônios que deve ser tomado diariamente e tem 98% de eficácia contra a gravidez indesejada. Alguns exemplos de pílula anticoncepcional são Diane 35, Yasmin, Cerazete, mas o ginecologista é quem deverá orientar que pílula a mulher deve tomar. 

O uso correto da pílula tem algumas vantagens como por exemplo, regulação da menstruação, combate a acne, diminuição das cólicas e diminuição do risco de anemia devido a grandes perdas sanguíneas durante a menstruação, porque quem toma a pílula tem um fluxo menstrual menor. No entanto, a pílula pode provocar efeitos colaterais como por exemplo dor de cabeça e enjôo, principalmente nos primeiros meses de uso, e aumento da retenção de líquidos. 

Veja como fica o Período fértil de quem toma anticoncepcional.

Como funciona a pílula anticoncepcional

A pílula anticoncepcional inibe a ovulação e por isso a mulher não entra no período fértil. Além disso ela impede a dilatação do colo do útero, diminuindo a entrada de espermatozoides, evitando que o útero tenha condições para o desenvolvimento do bebê.

Como usar a pílula anticoncepcional

Para utilizar a pílula corretamente deve-se levar em consideração que existem 2 tipos de pílulas:

  • Pílula normal: Deve-se tomar 1 pílula por dia, sempre no mesmo horário até o fim da cartela, e depois fazer uma pausa de 4, 5 ou 7 dias, dependendo da pílula, é preciso ver na bula.
  • Pílula de uso contínuo: Deve-se tomar 1 pílula por dia, sempre no mesmo horário, todos os dias, sem pausa entre as cartelas.

Dúvidas comuns sobre a pílula

As dúvidas mais comuns sobre a pílula são respondidas aqui:

A pílula anticoncepcional engorda?

Algumas pílulas anticoncepcionais possuem como efeito colateral o inchaço e um ligeiro aumento de peso, entretanto, isto é mais comum nas pílulas de uso contínuo e nos implantes subcutâneos. 

A pílula anticoncepcional é abortiva?

A pílula anticoncepcional não é abortiva, mas quando ela é tomada durante a gravidez pode trazer prejuízos ao bebê.

Como tomar a pílula anticoncepcional pela primeira vez?

Para tomar a pílula pela primeira vez deve-se tomar o primeiro comprimido no primeiro dia da menstruação.

Posso ter relações no período de pausa entre as cartelas?

Sim, não há risco de gravidez nesse período se a pílula foi tomada corretamente durante o mês. 

O que fazer se esquecer de tomar a pílula anticoncepcional?

Deverá seguir as instruções escritas na bula. Leia: Esquecer de tomar o anticoncepcional.

Preciso parar de tomar a pílula anticoncepcional de tempos em tempos para 'descansar'?

Não é necessário.

O homem pode tomar a pílula anticoncepcional?

Não, a pílula anticoncepcional é indicada somente para mulheres não tendo nenhum efeito contraceptivo nos homens. Veja: Anticoncepcional masculino.

A pílula faz mal?

Assim como qualquer outro medicamento, a pílula pode fazer mal para algumas pessoas, e por isso suas contraindicações devem ser respeitadas. 

A pílula anticoncepcional muda o corpo?

Não, mas no início da adolescência as meninas passam a ter um corpo mais desenvolvido, apresentando mamas e quadris mais largos, e isto não se deve a pílula, nem ao início das relações sexuais.

A pílula anticoncepcional pode falhar?

Sim, a pílula falhar quando a mulher esquece de tomar a pílula todos os dias, não respeita o horário da toma ou quando vomita ou tem uma diarreia até 2 horas após tomar a pílula. Alguns remédios também podem cortar o efeito da pílula. Saiba mais em: Remédios que diminuem a eficácia da pílula.

Quando a pílula anticoncepcional começa a fazer efeito?

A pílula anticoncepcional começa a fazer efeito logo no primeiro dia de sua toma, no entanto, é melhor esperar terminar uma cartela para ter relações.

Tenho que tomar a pílula sempre no mesmo horário?

Sim, deverá preferencialmente tomar sempre no mesmo horário, mas pode haver uma pequena tolerância no horário, de até 12 horas, mas isto não deve se tornar uma rotina. Se houver dificuldade para tomar sempre no mesmo horário, talvez seja mais seguro optar por outro método contraceptivo.

A pílula contraceptiva protege contra doenças?

Existem alguns estudos que indicam que ela pode diminuir o risco de alguns tipos de câncer, no entanto, ela não protege contra doenças sexualmente transmissíveis, e por isso além de tomar a pílula, deve-se usar preservativo em todas as relações sexuais.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade